17:58 27 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    30412
    Nos siga no

    O Departamento de Defesa dos EUA informou ter identificado dois corpos recuperados do avião americano que foi abatido no Afeganistão.

    De acordo com o Pentágono, os corpos pertencem ao tenente-coronel Paul K. Voss, de 46 anos, do quartel-general do Comando de Combate Aéreo, e ao capitão Ryan S. Phaneuf, de 30 anos, do 37º esquadrão antibombas da Força Aérea dos EUA.

    "Os nossos corações estão com as famílias e amigos do tenente-coronel Paul K. Voss e do capitão Ryan S. Phaneuf. A Força Aérea perdeu estes dois corajosos aviadores enquanto apoiavam a Operação Sentinela da Liberdade. O seu serviço e dedicação à nossa nação serão sempre lembrados", disse a secretária da Força Aérea americana, Barbara Barrett, no Twitter.

    ​Na terça-feira (28), foi anunciada a suposta morte de um oficial de alto nível da Agência Central de Inteligência (CIA) dos EUA, Michael D'Andrea, que, segundo dados preliminares, supervisionou o ataque contra o general iraniano Qassem Soleimani.

    Avião abatido

    No dia 27 de janeiro, um avião de vigilância americano, modelo Bombardier E-11A, foi abatido na província de Ghazni, no Afeganistão. Vários meios de comunicação noticiaram inicialmente que se tratava de um avião de passageiros da companhia aérea estatal Ariana Afghan Airlines, mas a companhia negou as alegações.

    Horas depois, o Talibã (grupo terrorista proibido na Rússia e em outros países) assumiu a responsabilidade pela queda do avião e afirmou que tinha abatido a aeronave. O grupo controla grande parte da província de Ghazni, nomeadamente a área onde o avião foi abatido.

    A aeronave E-11A, implantada no Afeganistão, assegurava a comunicação em locais remotos, ajudando as tropas terrestres a estabelecer contato com aviões americanos.

    A Operação Sentinela da Liberdade é o nome da manobra conjunta do Exército afegão e do contingente da OTAN contra o Talibã e outros grupos islamistas no Afeganistão, que começou em 2015.

    Mais:

    Talibã derrubou avião dos EUA no Afeganistão, diz porta-voz
    No avião abatido no Afeganistão estaria o oficial responsável por ataque contra Soleimani
    EUA confirmam queda de avião no Afeganistão, mas negam participação do Talibã
    Tags:
    Talibã, Força Aérea dos EUA, Pentágono, avião abatido, Afeganistão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar