00:00 03 Junho 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    210
    Nos siga no

    Irã solicitou equipamento aos EUA e à França para baixar as informações contidas nas caixas-pretas da aeronave ucraniana que caiu em Teerã, mas ainda não obteve resposta, afirmou a agência de aviação civil iraniana.

    O Canadá e a Ucrânia, países cujos nacionais estão entre as vítimas do acidente, solicitaram ao Irã acesso aos dados das caixas-pretas.

    Teerã não deixou clara a sua disposição de enviar os materiais. O Canadá, que tinha 57 cidadãos no voo, sugeriu que as caixas-pretas fossem enviadas para a França, um dos únicos países com capacidade técnica de acessar os dados.

    Local do acidente do Boeing 737-800, perto do Aeroporto Internacional Imã Khomeini em Teerã
    © Sputnik / Sociedade do Crescente Vermelho da República Islâmica do Irã
    Local do acidente do Boeing 737-800, perto do Aeroporto Internacional Imã Khomeini em Teerã

    O Irã, no entanto, está relutante em realizar a entrega, o que frustra os demais países envolvidos no acidente. A maioria das vítimas estrangeiras da tragédia são iranianos com dupla nacionalidade.

    Teerã já enfrenta demandas por compensações financeiras e por uma investigação internacional sobre o acidente.

    A Organização de Aviação Civil iraniana declarou em relatório não dispor do equipamento necessário para fazer o download das caixas-pretas do Boeing 737, aeronave de fabricação norte-americana.

    Destroços do Boeing 737 ucraniano derrubado no Irã no dia 8 de janeiro
    © REUTERS /
    Destroços do Boeing 737 ucraniano derrubado no Irã no dia 8 de janeiro

    O órgão iraniano teria solicitado os equipamentos necessários ao Conselho Nacional de Segurança do Transporte dos EUA e à agência francesa BEA, mas até agora não obteve resposta, reportou a Reuters.

    "Se os suprimentos e equipamentos adequados forem fornecidos, a informação pode ser retirada e reconstituída em um curto período de tempo", disse a entidade iraniana em seu segundo relatório preliminar sobre o desastre aéreo.

    O avião foi derrubado pelo sistema de defesa antiaérea iraniano quando o país se encontrava sob alerta, em função da escalada de tensões com os EUA.

    O acidente ocorreu poucos dias após operação dos EUA que assassinou o general iraniano Qassem Soleimani.

    Mais:

    Irã autoriza Ucrânia a participar de decifração de caixas-pretas de Boeing
    Irã não quer guerra e derramamento de sangue, garante ministro do Paquistão
    Irã prende embaixador britânico por 'incitar' protestos em Teerã
    Tags:
    acidente aéreo, caixa-preta, EUA, França, Canadá, Ucrânia, Irã
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar