15:27 24 Fevereiro 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    711
    Nos siga no

    O grupo terrorista Daesh (proibido na Rússia e outros países) tem um novo líder desde outubro do ano passado.

    As informações foram obtidas por espiões e repassadas a dois serviços de inteligência britânicos, conforme publicado nesta segunda-feira (20) pelo jornal britânico The Guardian.

    O novo líder do grupo é Amir Mohammed Abdul Rahman al-Mawli al-Salbi. Ele foi nomeado horas após a morte de Abu Bakr al-Baghdadi, que cometeu suicídio durante um ataque das forças especiais dos EUA na Síria.

    Há uma recompensa de US$ 5 milhões (R$ 20,9 milhões) estabelecida pelo departamento de Estado dos EUA. Acredita-se que ele tenha ao menos um filho.

    Nascido em Tal Afar, no noroeste do Iraque, Al-Salbi é de uma família de origem turca e um dos poucos não árabes nos postos de liderança do Estado Islâmico.

    Segundo o jornal, ele foi um dos membros fundadores do grupo e é considerado um dos ideólogos mais influentes do Daesh.

    Al-Sabi tem diploma em leia da sharia pela Univerisidade de Mossul e já foi detido em 2004 por forças americanas na prisão Camp Bucca, no Iraque.

    Mais:

    Liderada pelos EUA, coalizão contra o Daesh matou quase 1.400 civis em 6 anos
    Terroristas do Daesh celebram em editorial a morte do general iraniano Soleimani
    Perto da Europa: Daesh está voltando e fincando raízes na Líbia, diz rei da Jordânia
    Tags:
    Daesh
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar