20:14 31 Maio 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    3131
    Nos siga no

    No início do dia, o serviço de imprensa do Kremlin anunciou que o presidente russo Vladimir Putin participaria da conferência internacional sobre a Líbia em Berlim, que será realizada neste domingo.

    O serviço de imprensa do Kremlin comunicou nesta sexta-feira que o chefe do Exército Nacional da Líbia (LNA), marechal Khalifa Haftar, através de uma carta pessoal, agradeceu ao presidente russo Vladimir Putin pelos esforços para resolver a crise na Líbia.

    "Agradeço e expresso meu total apoio à iniciativa russa de manter conversações de paz em Moscou, o que deve levar à paz na Líbia. Confirmo que estamos prontos para aceitar o seu convite para visitar a Federação da Rússia para continuar o diálogo que começou. Aceite de nós a profunda apreciação e respeito", diz a carta enviada por Haftar, citada pelo Kremlin.

    O ministro das Relações Exteriores da Alemanha, Heiko Maas, informou na última quinta-feira (17) que o líder do Exército Nacional da Líbia (LNA), Khalifa Haftar, concordou com um cessar-fogo no país.

    Berlim sediará uma conferência liderada pela ONU sobre a Líbia em 19 de janeiro, com a participação do Egito, Rússia, Estados Unidos e Turquia, entre outros países. É esperada a presença dos chefes do Governo do Acordo Nacional (GNA) e do Exército Nacional da Líbia (LNA).

    Mais:

    Erdogan promete 'dar uma lição' a Haftar caso ataques ao governo líbio não sejam cessados
    Líder do LNA, Khalifa Haftar, concorda com cessar-fogo na Líbia
    Fonte revela por que Haftar não assinou armistício em Moscou
    Tags:
    Vladimir Putin, Khalifa Haftar, Rússia, Líbia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar