00:15 08 Abril 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    13129
    Nos siga no

    Iraque não é o primeiro país a expressar interesse em utilizar a tecnologia russa para reforçar sua defesa antiaérea, mas não se sabe qual será o desenlace deste novo episódio.

    O Iraque, tal como uma série de outros países, está enfrentando possíveis sanções norte-americanas após mostrar interesse nos sistemas russos de defesa antiaérea e antimíssil S-400.

    Em particular, o país árabe poderá enfrentar sanções dos EUA se comprar os sistemas S-400, disse Joey Hood, subsecretário de Estado adjunto dos EUA para Assuntos do Oriente Médio.

    "Uma compra provavelmente desencadearia sanções, por isso aconselhamos nossos parceiros a não fazer tais compras", apontou Hood.

    Anteriormente foi relatado que o Iraque já havia iniciado consultas com a Rússia sobre uma possível compra de sistemas de defesa antiaérea S-400. Como tal, o Iraque se juntaria aos países que enfrentam sanções pelo seu desejo de garantir a segurança de seu espaço aéreo, que já incluem a Turquia, a Índia e a China.

    Sistemas S-400 em outros países

    No ano passado, os EUA expulsaram a Turquia do programa de caças F-35 de quinta geração depois que Ancara comprou os sistemas russos. Ancara respondeu com uma ameaça de fechar a base aérea de Incirlik à OTAN, razão pela qual os EUA se abstiveram de aplicar sanções.  

    A China já sofreu sanções norte-americanas por comprar os sistemas S-400 e caças russos Su-35S de geração 4++. 

    Devido à assinatura de contratos de armamento com a Índia, que também comprou a tecnologia de defesa antiaérea, Washington fez ameaças a Nova Deli mas depois desistiu de as aplicar. 

    Possíveis sanções impediram a Arábia Saudita de comprar os S-400. No entanto, o ataque com drones e mísseis às refinarias da Saudi Aramco em setembro comprometeu a fiabilidade do modelo Patriot usado por Riade, pois os sistemas não reagiram ao ataque, que causou sérios danos à refinaria. 

    Mais:

    Turquia espera receber caças estadunidenses e continua instalação de S-400
    Rússia implementará S-400 na Frota do Norte para proteger o Ártico
    S-400 russos estarão operacionais em abril ou maio deste ano, diz Ministério da Defesa da Turquia
    Tags:
    Rússia, EUA, Iraque, S-400
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar