22:11 09 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    11295
    Nos siga no

    A julgar por recentes fotos de satélite, o Irã parece estar preparando a maqueta de um porta-aviões, que será parecida com os navios da Marinha dos EUA da classe Nimitz, para usar em treinamentos como alvo.

    Com um grupo de porta-aviões dos EUA ao largo da costa do Irã e Washington prontíssimo para atacar, os militares iranianos teriam começado sua preparação para treinamento tendo como alvo uma embarcação construída a partir de uma barcaça para que pareça um porta-aviões.

    As fotos de satélite providenciadas pela empresa Planet Labs ao portal Defense One e tiradas na quarta-feira (8) exibem o "porta-aviões", que ficou muito danificado na sequência de um tiro ao alvo em fevereiro de 2015, foi restaurado, pintado e até mesmo tem uma maqueta de aeronave no seu convés de voo.

    De acordo com o ex-conselheiro da Marinha dos EUA e atualmente especialista em assuntos navais do Centro de Avaliações Estratégicas e Orçamentárias Bryan Clark, o falso porta-aviões poderá ser usado em exercícios militares previstos para março deste ano, que marca o fim do ano de acordo com o calendário persa.

    ​Irã está se preparando para explodir de novo seu porta-aviões falso.

    Clark observou que os exercícios são mais do que apenas uma fanfarronice, eles irão permitir aos militares iranianos treinar o ataque às partes vitais do enorme navio, que tem aproximadamente 335 metros de comprimento.

    "O porta-aviões é obviamente muito grande. Para atacá-lo com misseis de cruzeiro, você teria de ser capaz de acertar no ponto certo. Caso contrário você apenas causará incêndios. Não irá afundá-lo", disse o ex-assessor da Marinha.

    A maqueta do porta-aviões da classe Nimitz poderá ser usada inclusive no treinamento de ataques de enxames utilizando os inúmeros barcos de patrulha da Marinha iraniana e a ala naval do Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica, disse o especialista em assuntos navais.

    Anteriormente, o Irã iniciou a produção em massa dos novos mísseis de cruzeiro Jask, lançados de submarinos, disse o comandante da Marinha iraniana, contra-almirante Hossein Khazandi.

    Apesar da revelação, o comandante da Marinha não divulgou detalhes ou características do míssil, sabe-se apenas que o Jask pode ser disparado de submarinos. O míssil foi mostrado pela primeira vez em ação ao público em fevereiro do ano passado, durante exercícios navais.

    Mais:

    Porta-aviões dos EUA é escoltado por 20 embarcações do Irã, diz mídia (FOTO)
    Militares de porta-aviões dos EUA afirmam 'estar prontos para atacar' Irã se ordenados
    Tags:
    exercícios navais, Marinha do Irã, Irã, porta-aviões, EUA, Oriente Médio
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar