18:37 18 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    6149109
    Nos siga no

    O presidente Donald Trump disse neste domingo (5), a bordo do avião presidencial, que as tropas norte-americanas só deixarão o Iraque se Bagdá pagar por uma base aérea dos EUA instalada no país.

    Mais cedo, o Parlamento do Iraque aprovou uma resolução pedindo a retirada das tropas estrangeiras do país, incluindo as forças norte-americanas, que têm forte presença no território iraquiano. 

    "Nós temos uma base aérea extraordinariamente cara lá. Custou bilhões de dólares para construí-la, muito tempo antes de mim. Nós não vamos sair até que eles nos paguem por isso", afirmou o presidente norte-americanos para jornalistas a bordo do Air Force One, segundo publicado pela agência Reuters. 

    Além disso, Trump ameaçou impor sanções contra o Iraque como "eles nunca viram" caso Bagdá realize atos hostis contra os EUA. 

    "Caso se verifique algum ato hostil, se fizerem algo que consideremos inaceitável, imporemos sanções contra o Iraque, sanções muito duras", disse Trump. 

    O republicano também disse que a retaliação norte-americana fará as "sanções iranianas parecerem algo inofensivo". 

    A tensão no Oriente Médio vem crescendo desde a morte do general iraniano Qassem Soleimani nos arredores de Bagdá, em bombardeio ordenado por Trump.

    Mais:

    Corpo do general Soleimani é trazido ao Irã para despedida (FOTOS, VÍDEO)
    Trump ameaça atacar Irã 'ainda mais forte do que eles foram atacados antes'
    Major-general do Irã: vingança estratégica colocará fim à presença dos EUA na região
    Tags:
    Donald Trump, embargo, exército, conflito, sanções, Qassem Soleimani, Irã, EUA, Iraque
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar