17:57 20 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    19348
    Nos siga no

    Um soldado dos EUA e dois militares terceirizados contratados por Washington foram mortos em um ataque do grupo terrorista Al-Shabaab no Quênia.

    Além disso, dois funcionários do Pentágono foram feridos. Eles estão atualmente em condições estáveis, informou o Comando dos Estados Unidos para a África neste domingo (5).

    O Al-Shabaab faz parte da Al-Qaeda (grupo terrorista proibido na Rússia e em vários outros países). 

    De acordo com a agência de notícias Associated Press, o ataque terrorista também destruiu aeronaves e veículos das tropas estadunidenses. O porta-voz das Forças Armadas do Quênia, Paul Njuguna, disse que cinco terroristas foram mortos no incidente. 

    A base militar chamada de Camp Simba, na região de Lamu, foi criada há mais de dez anos e tem cerca de 100 militares dos Estados Unidos, segundo números do Pentágono. As forças de Washington no aeroporto adjacente, Manda Bay, treinam e dão apoio antiterror aos países aliados da África Oriental. 

    Mais:

    Parlamento do Iraque aprova resolução pedindo retirada de tropas dos EUA
    Major-general do Irã: vingança estratégica colocará fim à presença dos EUA na região
    China e Rússia condenam 'ação ilegítima' dos EUA no Oriente Médio
    Retaliação iraniana será contra alvos militares dos EUA, diz assessor de Khamenei
    Foguetes atingem proximidades da embaixada dos EUA em Bagdá
    Tags:
    terrorismo, Estados Unidos, Quênia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar