00:02 15 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    3213
    Nos siga no

    Neste sábado, ambos os parlamentos da Líbia votaram medidas que prejudicam a influência da Turquia nesse país do norte da África. O parlamento de Trípoli quer o fim do acordo militar, enquanto o de Bengazi cotou relações diplomáticas com Ancara.

    Neste sábado (4), o parlamento da Líbia reconhecido pela ONU, baseado em Trípoli, votou pelo cancelamento do acordo militar assinado pelo governo com a Turquia, reportou o canal Al-Arabiya.

    Anteriormente, o parlamento da Turquia havia aprovado uma moção para enviar tropas à Líbia, a fim de apoiar o governo baseado em Trípoli a resistir a mais recente ofensiva do Exército de Libertação Nacional da Líbia, comandado por Khalifa Haftar.

    Comandante do Exército Nacional da Líbia, Khalifa Haftar, durante uma reunião com o ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov.
    © Sputnik / Vladimir Astapkovich
    Comandante do Exército Nacional da Líbia, Khalifa Haftar, durante uma reunião com o ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov.

    O parlamento líbio quer obter toda documentação relevante sobre a cooperação com Ancara, atualmente sob responsabilidade do líder do governo internacionalmente reconhecido, Feyez Sarraj, para investigar os envolvidos e perscrutar suas motivações.

    O parlamento baseado em Bengazi havia se posicionado contra o acordo com a Turquia, ao se recusar a reconhecer a legitimidade do acordo firmado pelas autoridades de Trípoli.

    A cidade de Trípoli encontra-se cercada pelas forças do Exército de Libertação Nacional da Líbia, chefiado pelo marechal Khalifa Haftar.

    Bengazi corta relações com Ancara

    Neste sábado (4), o parlamento baseado em Bengazi cortou relações diplomáticas com Ancara, reportou o canal Sky News Arabia.

    A medida poderia levar ao fechamento da Embaixada da Turquia na Líbia, reportou o jornal egípcio Youm7.

    Além disso, o parlamento solicitou que organizações internacionais como a Liga Árabe, União Africana e Conselho de Segurança da ONU retirem seu reconhecimento ao governo baseado em Trípoli, chamado de Governo do Acordo Nacional.

    Mais:

    ONU: apoio estrangeiro às partes em conflito na Líbia vai agravar situação
    Erdogan e Merkel discutem Síria e Líbia em ligação telefônica
    Trump alerta Turquia contra 'interferência' após votação para envio de tropas à Líbia
    Tags:
    Bengazi, Trípoli, Parlamento da Líbia, Conflito na Líbia, Líbia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar