05:12 21 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    152637
    Nos siga no

    Como resultado de um ataque aéreo realizado em Bagdá pelos Estados Unidos, diversos militares iranianos foram mortos, incluindo o general Qassem Soleimani.

    Os Estados Unidos tomaram todas as medidas disponíveis para assegurar seus ativos no Oriente Médio, disse Mike Pompeo, secretário do Estado dos EUA, em entrevista para a rede Fox News, após o ataque em território do Iraque que tinha como objetivo matar o general iraniano.

    Pompeo declarou que a ação foi absolutamente legal, acrescentando que ele só poderia confirmar a morte de Qassem Soleimani no ataque em Bagdá.

    Além disso, o secretário de Estado norte-americano salientou que seu país não deseja um conflito militar com o Irã e está comprometido em reduzir as tensões. Porém, Washington não pode permanecer parado enquanto vidas norte-americanas estão em perigo, disse ele.

    ​Discuti com @DominicRaab a recente decisão de tomar ações defensivas para eliminar Qassem Soleimani. Estou agradecido que os nossos aliados reconhecem as continuadas ameaças agressivas representadas pela força Quds iraniana. Os Estados Unidos continuam comprometidos com a diminuição das tensões.

    Em resposta a um comentário sobre o corrido, Donald Trump compartilhou em sua conta do Twitter:

    O Irã nunca ganhou uma guerra, mas nunca perdeu uma neogicação!

    Os Estados Unidos culparam o Irã por ataques ocorridos contra suas bases e embaixada em solo iraquiano, acusação que Teerã nega.

    No entanto, as tensões voltaram a escalar nesta sexta-feira, quando os Estados Unidos realizaram ataques aéreos matando o general Qassem Soleimani, entre outros. O governo iraniano expressou que retaliará por esse ataque.

    Mais:

    5G da China é ferramenta para repressão, diz Mike Pompeo em Lisboa
    'Quintal dos EUA': Washington ajudará governos latinos aliados a barrar protestos, diz Pompeo
    Supremo líder do Irã aponta adjunto de Soleimani como comandante da força Quds
    Tags:
    Iraque, ataque aéreo, Irã, Mike Pompeo
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar