05:58 15 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    5131
    Nos siga no

    Em maio, os Estados Unidos enviaram um deslocamento de embarcações de ataque para o Oriente Médio citando um "perigo" não especificado para os interesses americanos na região. Desde então, o golfo Pérsico assistiu inúmeros incidentes perigosos.

    O governo russo está preocupado com as crescentes tensões vividas na região e identifica tentativas de aumentá-las, afirmou Sergei Lavrov, ministro das Relações Exteriores da Rússia, nesta segunda-feira (30).

    "Nós vemos como alguns dos nossos colegas ocidentais artificialmente tentam inflamar a situação. A Rússia e o Irã contrapõem a essas tentativas propostas sobre o estabelecimento de uma cooperação em regime de igualdade e mutuamente vantajosa nessa região", declarou Lavrov durante um encontro com seu homólogo iraniano, Mohammad Javad Zarif.

    A declaração surge após o Pentágono afirmar no domingo (29) que forças dos EUA atacaram em território sírio e iraquiano o grupo Kata’ib Hezbollah, um grupo paramilitar xiita iraquiano que foi formado durante a Guerra do Iraque.

    Tensões no golfo Pérsico se intensificam

    Tensões diplomáticas entre Estados Unidos e Irã escalaram para tensões militares em maio, quando os Estados Unidos enviaram um grupo de ataque de porta-aviões ao Oriente Médio devido ao que Washington descreve como "perigo iraniano".

    Marinheiros no convés do porta-aviões USS George H.W. Bush (CVN 77), no Golfo Pérsico
    © AFP 2020 / MOHAMMED AL-SHAIKH
    Marinheiros no convés do porta-aviões USS George H.W. Bush (CVN 77), no Golfo Pérsico

    Desde então, o golfo Pérsico presenciou uma série de incidentes perigosos, como ataques de sabotagem de petroleiros, apreensão de embarcações e derrubada de drones, com Teerã e Washington se acusando mutuamente de responsabilidade e ameaçando com o surgimento de uma guerra.

    Em um acontecimento à parte ocorrido durante o verão, os Estados Unidos anunciaram a formação de uma coalizão naval com o objetivo de proteger embarcações comerciais no golfo Pérsico, estreito de Ormuz e golfo de Omã. Teerã, por sua vez, insistiu para que as potências externas se mantenham longe do Golfo, propondo a criação de um esforço de segurança regional para garantir a navegação segura em águas locais.

    Mais:

    Irã é ameaça no golfo Pérsico, afirma Marinha Real do Reino Unido
    Irã teria derrubado drone perto de porto às margens do golfo Pérsico
    Irã classifica ataques dos EUA no Iraque como 'claro exemplo de terrorismo'
    Tags:
    porta-aviões, Marinha, Rússia, Irã, Golfo Pérsico, Estados Unidos, Sergei Lavrov
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar