11:07 07 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    327
    Nos siga no

    Ataque com carro-bomba na capital somali, Mogadíscio, deixou pelo menos 94 pessoas mortas neste sábado (28).

    De acordo com um tweet publicado pelo ministro da Segurança Interna da Somália, Abdirizak Omar Mohamed, a maior parte das vítimas são civis.

    Eu fui informado de que o número de mortos é superior a 90 pessoas, incluindo 17 policiais somalis, 73 civis e 4 cidadãos estrangeiros. Que Allah tenha piedade das vítimas deste ataque bárbaro.

    Conforme publicou a rádio local Dalsan, o ataque foi executado por um suicida e teve dentre suas vítimas estudantes que iam para a escola e funcionários públicos a caminho do trabalho.

    Em um vídeo publicado no Twitter é possível ver uma grande coluna de fumaça provocada pela explosão.

    Urgente: Pelo menos 50 pessoas morreram após um ataque suicida em Mogadíscio, na Somália.

    Grupo terrorista

    A Somália é palco das ações do grupo radical islâmico Al-Shabaab, o qual possui relações estreitas com a Al-Qaeda (grupo terrorista proibido na Rússia e em outros países).

    O grupo islâmico tem lutado contra o governo central local e criado obstáculos à atividade humanitária da ONU.

    Contudo, o ataque de hoje ainda não teve sua autoria reivindicada por nenhum grupo.

    Mais:

    EUA abrem embaixada na Somália após 28 anos para 'promover interesses estratégicos'
    Ataques contra comboio militar europeu e base dos EUA são efetuados na Somália
    Somália: prefeito fica ferido em ataque de terroristas à prefeitura de Mogadíscio
    Tags:
    Al-Qaeda, vítimas, Somália, ataque terrorista, explosão, carro-bomba
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar