17:15 20 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    6194
    Nos siga no

    Estados Unidos e seus aliados continuam a desinformar o mundo sobre o panorama sírio, o que impede o regresso de sírios ao seu país com auxílio das ações coordenadas da Síria e Rússia.

    "As autoridades sírias estão empreendendo um esforço colossal para reestabelecer a vida pacífica no país. Estruturas especializadas da ONU já reconheceram a criação de condições propícias para o retorno conforme as normas humanitárias internacionais. Contudo, os Estados Unidos e seus aliados continuam a desinformar a comunidade internacional sobre a situação na República Árabe da Síria", informa um comunicado conjunto sírio-russo.

    Como foi apontado, estas ações dos EUA impedem o regresso de sírios ao seu país. As declarações dos norte-americanos também buscam justificar a legitimidade de sua presença na Síria e o controle de seus campos de petróleo, conforme aponta o comunidado. Para este fim, os Estados Unidos usam qualquer meio necessário para manter focos de tensão em território sírio.

    De acordo com o diretor do Centro Nacional de Gerenciamento de Defesa da Rússia, Mikhail Mizintsev, e o ministro da administração local e ecologia sírio, Hussein Mahluf, permanece o grave problema do campo de refugiados de Rukban, na região de Al-Tanf ocupada pelos Estados Unidos. Uma situação crítica também é vivida no campo de refugiados de al-Hol, na província de Hasakah.

    "Consideramos essencial enfatizar que parte da responsabilidade por essa situação também cabe aos países europeus que, usando quaisquer pretextos, recusam receber seus próprios cidadãos que combateram ao lado do Daesh [grupo terrorista proibido na Rússia e em outros países]", agrega o comunicado.

    Mais:

    Na web surge FOTO de suposto sistema robotizado russo Uran-9 na Síria
    Acordo com a Turquia: Polícia Militar da Rússia continua patrulha na Síria
    Israel ameaça Irã para que saia da Síria: não hesitaremos em remover forças agressivas
    Tags:
    Rússia, Estados Unidos, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar