09:45 26 Maio 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    0 64
    Nos siga no

    A edificação, de 1.700 toneladas, estava localizada na cidade turca de Hasankeyf, onde foi construída a represa hidrelétrica de Ilisu.

    A Turquia realizou nesta segunda-feira (17) o processo de transferência de uma histórica mesquita do século XV, a partir da antiga cidade de Hasankeyf, na província turca de Batman, como parte do controverso projeto de construção da represa hidrelétrica de Ilisu, informa Daily Sabah.

    O templo islâmico de Er-Rızk, de 609 anos, é a última estrutura que foi realocada para ser protegida, antes que a cidade seja inundada pelas águas da futura represa.

    Com 1.700 toneladas, a mesquita percorreu aproximadamente quatro quilômetros ao longo do rio Tigre, até sua nova localização, no Parque Cultural Hasankeyf.

    As autoridades governamentais estão trabalhando para proteger os sítios arqueológicos e a identidade da cidade, que conta com mais de doze mil anos de história. Na região, encontram-se covas que remontam ao período Neolítico, onde romanos, bizantinos, mongóis, árabes, assim como otomanos, deixaram suas marcas.

    No total, seis monumentos foram realocados, entre eles o mausoléu de Zeynel Bey, portas de castelos, uma sauna turca, e outras mesquitas e suas partes.

    Mais:

    Arqueólogo descobre 27 sítios maias de 3.000 anos graças a mapa on-line gratuito (FOTOS)
    Estado Islâmico divulga novo ataque a sítio arqueológico no Iraque e UNESCO responde
    Erdogan diz que transformará Basílica de Santa Sofia em mesquita
    Tags:
    represa, mesquita, engenharia, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar