10:55 20 Fevereiro 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    5152
    Nos siga no

    As primeiras equipes do destacamento médico russo chegaram à base da Polícia Militar da Rússia perto da cidade de Kobane, no nordeste da Síria.

    As forças médicas foram transportadas em um helicóptero Mi-8, junto com equipamento e medicamentos.

    Segundo aponta o cirurgião Sergei Ponomarev, os residentes locais não recebiam assistência médica há muito tempo.

    "As doenças crônicas estão descuidadas, as agudas também [...]. Estamos prontos para trabalhar aqui até ao fim [...]. Daqui a pouco chegará a equipe completa do destacamento médico. Acho que poderemos receber cerca de 100 pessoas por dia", disse o cirurgião.

    O primeiro posto de atendimento foi aberto três horas após a chegada e está munido de medicamentos e equipamento para todas as condições, incluindo um dispositivo móvel especial que permite a ligação dos aparelhos de raios-X e de ultrassonografia e, através de satélite, reunir on-line uma equipe de especialistas de toda a Rússia.

    Neste momento no posto trabalham três médicos – um de clínica geral, um cirurgião e um especialista em traumatologia, com ajuda de um intérprete.

    O chefe da secção de traumatologia, Kamaldin Isaev, disse que muitas pessoas estão chegando para receber ajuda. "Podemos concluir que somos necessários aqui e não viemos em vão".

    Mais:

    Turquia nunca usou armas químicas contra curdos em operação na Síria, diz ministro
    Explosão de carro deixa pelo menos 4 mortos e dezenas de feridos na Síria (FOTOS, VÍDEO)
    Rússia continua patrulha aérea no norte na Síria
    Tags:
    médicos, Turquia, Rússia, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar