04:49 06 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Míssil lançado pelo sistema antiaéreo israelense Cúpula de Ferro (imagem referencial)

    Israel pede para EUA aumentarem ameaça militar contra Irã

    © AP Photo / Dan Balilty
    Oriente Médio e África
    URL curta
    81120
    Nos siga no

    O ministro das Relações Exteriores israelense, Israel Katz, pediu aos Estados Unidos que "aumentem a ameaça militar contra Irã", alegando que a nação persa continua desenvolvendo programa nuclear.

    O chanceler israelense fez a declaração durante conferência celebradora do jornal The Jerusalem Post nesta quinta-feira (21).

    Trata-se de uma nova ameaça de Israel contra Irã dado que o Estado judaico até agora se limitava a pedir todo tipo de sanções contra a república islâmica.

    "Agora é o momento do mundo, liderado pelos Estados Unidos, ter uma ameaça militar efetiva contra o regime iraniano, se ele [Irã] continuar programa nuclear", declarou Katz.

    A ameaça israelense surge no mesmo dia em que vários veículos de comunicação israelenses informaram que o Serviço de Inteligência de Israel (Mossad) matou recentemente um alto oficial iraniano na Síria.

    De acordo com mídia israelense, Mossad matou há pouco tempo uma "personalidade iraniana de alto nível" dentro da Síria.

    Mídia não revelou o nome da "personalidade", mas disse que o lançamento de quatro mísseis contra as Colinas de Golã, ocupadas por Israel nesta semana, foi uma "resposta" de Irã ao mencionado assassinato executado pelo Serviço de Inteligência de Israel.

    "Segundo as avaliações israelenses, os iranianos irão responder em breve aos ataques israelenses contra Síria" que aconteceram na noite de 20 de novembro, que teriam causado a morte de vários iranianos.

    Mais:

    Irã quer S-400, tanques T-90, aviões Su-30 e Yak-130, diz Pentágono
    Rouhani acusa EUA e Israel por protestos no Irã
    Tags:
    Irã, tensão militar, ameaça, Oriente Médio, Israel, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar