16:47 24 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    9841
    Nos siga no

    Rússia reage à decisão do presidente dos EUA Donald Trump que, em carta ao Congresso, informou que enviaria cerca de 3.000 militares para a Arábia Saudita a fim de "proteger" o reino da "ameaça iraniana".

    O enviado especial da Presidência da Rússia para os países do Oriente Médio e África, Mikhail Bogdanov, disse que o envio de tropas adicionais norte-americanas para a Arábia Saudita levará à escalada das tensões na região.

    Para Bogdanov, a decisão norte-americana visa "no geral, a uma escalada das tensões".

    Nesta terça-feira, o presidente dos EUA, Donald Trump, enviou uma carta ao Congresso de seu país informando sobre o envio de cerca de 3.000 tropas adicionais ao território saudita, a fim de proteger instalações da indústria de petróleo.

    "As forças adicionais [...] incluem sistemas de radares e mísseis [...], uma ala aérea expedicionária para apoiar a operação de aeronaves de combate dos EUA a partir da Arábia Saudita e dois esquadrões de combate."

    A carta aponta a ameaça iraniana como principal motivo da decisão norte-americana.

    "O Irã segue ameaçando a segurança regional, inclusive atacando instalações de petróleo e gás natural no Reino da Arábia Saudita", escreveu Trump ao Congresso.

    Secretário de Defesa dos EUA, Mark Esper, fala com militar norte-americano próximo a nateria de mísseis do sistema Patriot, durante visita à Arábia Saudita, em outubro de 2019
    © REUTERS / Idrees Ali
    Secretário de Defesa dos EUA, Mark Esper, fala com militar norte-americano próximo a nateria de mísseis do sistema Patriot, durante visita à Arábia Saudita, em outubro de 2019

    O posicionamento dos cerca de 3.000 militares adicionais será finalizada "nas próximas semanas" e a sua permanência em território saudita tem prazo indeterminado.

    Mais:

    Ministério da Defesa da Arábia Saudita dá 'luz verde' para reforços militares dos EUA
    Premiê do Paquistão quer mediar diálogo entre Irã e Arábia Saudita
    Após falha do sistema americano Patriot, Arábia Saudita quer sistema S-400 da Rússia
    Tags:
    tropas, Rússia, EUA, Arábia Saudita
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar