05:48 06 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Caça F-35 americano lança bomba GBU-49 durante treinamento (imagem referencial)

    Caças F-35 enfrentaram Patriot passando por S-400 russos durante exercícios aéreos em Israel (VÍDEO)

    © Foto / Cortesia do 86º Esquadrão de Armas de Combate
    Oriente Médio e África
    URL curta
    181236
    Nos siga no

    Caças F-35 da Força Aérea de Israel foram treinados para evitar os tiros dos sistemas da defesa antiaérea S-400, cujo papel foi interpretado por Patriot MIM-104 estadunidenses.

    Segundo o site especializado Breaking Defense, os exercícios aéreos dos quais participaram pilotos israelenses, assim como dos Estados Unidos e de vários países europeus, simularam combates contra os sistemas de defesa antiaérea russos S-400 Triumph e foram realizados de 3 a 14 de novembro na base israelense de Ovda, no deserto do Neguev.

    Estes são os mais avançados exercícios internacionais da Força Aérea na história de Israel.

    Isto é o Blue Flag 2019.

    Vários caças de 5ª geração israelenses F-35I e F-16I, assim como mais de trinta caças e bombardeiros F-16, F-35 e Eurofighter Typhoon alemães, norte-americanos, italianos e gregos, participaram das manobras chamadas Blue Flag, segundo a mídia.

    O papel de S-400 foi confiado a sistemas de defesa antiaérea estadunidenses Patriot MIM-104.

    Os exercícios foram realizados em uma zona situada a menos de 10 minutos de voo da Faixa de Gaza, onde outras unidades da Força Aérea israelense estão realizando verdadeiros combates contra as unidades do movimento palestino Jihad Islâmica, nota o Breaking Defense.

    Em 12 de novembro, Israel retomou os ataques aéreos contra a Jihad Islâmica de Gaza em resposta a vários lançamentos de mísseis na direção de Israel.

    Ataques aéreos na Faixa de Gaza

    A situação na fronteira da Faixa de Gaza se agravou no seguimento da eliminação pelo Exército israelense do líder desse movimento palestino, Baha Abu al Ata, na noite de 11 para 12 de novembro.

    As trocas de ataques continuaram nos dias 12 e 13 de novembro. As autoridades palestinas mencionaram 34 mortos e 111 feridos.

    Israel acusou o movimento palestino de usar escudos humanos para se proteger dos ataques. Na manhã de 14 de novembro, as autoridades israelenses e a Jihad Islâmica acordaram um cessar-fogo, mas Israel atacou de novo a Faixa de Gaza em resposta a vários disparos de mísseis na direção de Israel.

    No sábado (16), o Exército israelense anunciou ter atacado posições do movimento Hamas em Gaza depois de tiros noturnos contra Beer Sheva, no sul de Israel.

    Mais:

    Operação militar em Gaza pode irromper antes das eleições israelenses, diz Netanyahu
    Por que Israel está desprotegido dos foguetes lançados de Gaza?
    VÍDEO exibe caça israelense contra-atacando 'alvos terroristas' em Gaza
    Tags:
    Faixa de Gaza, Israel, s-400, Patriot, F-35
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar