16:42 12 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Vista geral do porto Imam Khomeini, ao sul de Teerã, no Irã, em 18 de maio de 2008 (imagem referencial).

    Irã teria derrubado drone perto de porto às margens do golfo Pérsico

    © AP Photo / Hasan Sarbakhshian
    Oriente Médio e África
    URL curta
    4222
    Nos siga no

    Nesta sexta-feira (8), um drone foi abatido sobre o porto iraniano de Mahshahr, localizado na província de Cuzistão, no sul do país, às margens do golfo Pérsico, informou mídia.

    De acordo com a agência de notícias ISNA, ainda não está claro se se tratava de um drone militar ou civil.

    Segundo relatos, os sistemas de defesa antiaérea do porto foram ativados após a detecção de uma aeronave não identificada no espaço aéreo.

    "O drone mencionado é definitivamente de propriedade de outros países", afirma a agência de notícias IRNA, citando as palavras do governador iraniano de Cuzistão, Gholamreza Shariati, que observou que os especialistas estão estudando os destroços do drone e que os resultados da inspeção serão anunciados.

    Ataques em série

    Recentemente, Teerã notificou a Organização Marítima Internacional (OMI) de que três dos seus petroleiros sofreram ataques ao longo de seis meses, escreve uma publicação do The Wall Street Journal.

    O jornal também informou que o Irã havia comunicado que apenas um dos navios, o petroleiro Sabiti, foi provavelmente atacado por mísseis.

    Dois outros petroleiros, mencionados na suposta carta à OMI, Happiness I e HELM, teriam sofrido problemas técnicos nos meses de maio e agosto, respectivamente, sem citação de terem sido atacados.

    Na sequência do ataque confirmado a Sabiti, Teerã se comprometeu a realizar uma investigação exaustiva para determinar o culpado por detrás do ataque, sem deixar de descartar a possibilidade de ter sido organizado por um ou vários países.

    Danos feitos ao petroleiro iraniano Sabiti
    © REUTERS / WANA
    Danos feitos ao petroleiro iraniano Sabiti

    Enquanto alegados ataques a petroleiros iranianos ocorreram no mar Vermelho, perto da costa da Arábia Saudita, um total de seis petroleiros, pertencentes ao Japão, Noruega, EAU e Arábia Saudita, também foram atacados no golfo Pérsico durante o último semestre deste ano.

    Mais:

    Oficial dos EUA alega que Irã não avisou forças americanas antes de derrubar drone
    Irã exibe coleção de drones americanos derrubados pelo país (FOTOS)
    Irã apresenta novo radar capaz de detectar drones e mísseis balísticos (VÍDEO)
    Tags:
    veículo aéreo não tripulado, drone, Golfo Pérsico, Irã
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar