17:54 11 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Veículos blindados da Polícia Militar da Rússia na Síria

    Rússia e Turquia iniciam 2ª rodada de patrulhas na fronteira síria (VÍDEO)

    © Sputnik / Mikhail Alaeddin
    Oriente Médio e África
    URL curta
    250
    Nos siga no

    Militares da Rússia e da Turquia iniciaram a segunda rodada de patrulhamento conjunto da fronteira turco-síria, informou o Ministério da Defesa da Rússia.

    "A partir das 12h20 [06h20 no horário de Brasília] do dia 5 de novembro, teve início a segunda patrulha conjunta da Polícia Militar russa e da guarda fronteiriça turca em uma nova região da fronteira, localizada alguns quilômetros ao norte da localidade de Kobane", informou o ministério.

    O comunicado nota que a patrulha será efetuada por uma nova rota pela primeira vez. O percurso tem início no ponto de controle alfandegário de Ailishar, seguindo para oeste e depois para leste ao longo da fronteira ente a Síria e a Turquia.

    Patrulhamento das tropas russas e turcas na Síria
    © Sputnik / Sertac Kayar
    Patrulhamento das tropas russas e turcas na Síria

    A Polícia Militar russa realizará a patrulha com veículos blindados Tigr, enquanto a guarda fronteiriça turca utilizará o modelo Kirpi. A patrulha conta com oito veículos militares e 50 efetivos de ambos os países.

    O Ministério da Defesa da Turquia, por sua vez, declarou que os "militares russos e turcos, contando com apoio de drones, iniciaram a patrulha da região de Ain Al-Arab, a leste do Eufrates".

    Memorando de Sochi

    No dia 22 de outubro do corrente, a Rússia e a Turquia assinaram um memorando de entendimento no qual estão previstos patrulhamentos conjuntos da fronteira russo-turca na região nordeste da Síria.

    Os patrulhamentos devem ser realizados pela Polícia Militar russa e pela guarda fronteiriça turca e ocorrer nas zonas adjacentes à da operação turca Fonte de Paz.

    Presidente da Rússia, Vladimir Putin, e da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, apresentam Acordo à imprensa, após sete horas de negociações em Sochi, na Rússia, em 22 de outubro de 2019
    © Sputnik / Ramil Sitdikov
    Presidente da Rússia, Vladimir Putin, e da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, apresentam Acordo à imprensa, após sete horas de negociações em Sochi, na Rússia, em 22 de outubro de 2019

    As patrulhas devem garantir a retirada das milícias curdas de uma região de até 30 quilômetros de distância da Turquia.

    O ministro da Defesa da Rússia, Sergei Shoigu, declarou anteriormente que a retirada das milícias curdas do território fronteiriço ocorreu antes do fim do prazo acordado. O início dos patrulhamentos se seguiu à retirada completa dos grupos armados curdos.

    Mais:

    Rússia alerta para possível provocação com armas químicas na Síria
    Irã fornecerá eletricidade para reconstrução da Síria
    EUA criarão 2 bases militares para 'proteger' reservas de petróleo da Síria, reporta mídia
    Tags:
    curdos sírios, Síria, Rússia, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar