15:26 19 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, na reunião semanal de gabinete em Jerusalém, 16 de setembro de 2018

    Netanyahu promete ações secretas 'pela segurança de Israel'

    © AP Photo / Sebastian Scheiner
    Oriente Médio e África
    URL curta
    9810
    Nos siga no

    O primeiro-ministro de Israel afirma que os militares continuarão atacando seus inimigos, inclusive através de missões secretas, depois de uma explosão de violência no fim de semana na Faixa de Gaza.

    Benjamin Netanyahu falou na sua reunião semanal do gabinete neste domingo (3), um dia depois de Israel atingir uma série de locais ligados aos governantes do Hamas em Gaza em resposta a foguetes disparados durante a noite. 

    Embora ninguém tenha assumido a responsabilidade pelos foguetes, Israel considera o Hamas responsável por todos os ataques que saem do território.

    Netanyahu disse que Israel está em um ambiente de segurança "muito sensível" ao norte, sul e leste.

    O premiê israelense também afirmou: "Continuaremos a agir em todas as frentes pela segurança de Israel, tanto por meios abertos quanto por meios secretos, no mar, no ar e no solo", ressalta a agência de notícias Associated Press.

    Mais:

    Irã está desenvolvendo mísseis capazes de atingir alvos em todo Oriente Médio, diz premiê de Israel
    'Podemos destruir Israel em 30 minutos', diz oficial iraniano
    Candidato a premiê de Israel defende novas regras para o Muro das Lamentações
    Israel está em alerta por 'ameaça' de ataque de mísseis do Irã
    Tags:
    Benjamin Netanyahu, Israel
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar