15:04 19 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Vista da cidade síria Jarablus feita a partir da cidade turca de Karkamis

    Forças sírias informam que 'braço direito' do Daesh teria sido eliminado após líder al-Baghdadi

    © AP Photo / STRINGER
    Oriente Médio e África
    URL curta
    950
    Nos siga no

    As Forças Democráticas Sírias (FDS) informaram que o porta-voz do Estado Islâmico teria sido morto horas depois da eliminação do líder do grupo, Abu Bakr al-Baghdadi, durante uma operação dos EUA na Síria.

    O comandante das FDS, Mazlum Abdi, comunicou em seu Twitter que o "braço direito" do Daesh (grupo terrorista proibido na Rússia e em outros países), Abul-Hasan al-Muhajir, tinha sido eliminado ontem, 27 de outubro, em uma operação coordenada entre as forças sírias e militares dos EUA na aldeia de Ayn al-Bayda, perto da cidade de Jarablus, no norte da Síria.

    ​Em continuação da operação anterior, um assistente sênior de al-Bagdadi, chamado Abul-Hasan al-Muhajir, foi abatido em um vilarejo chamado Ayn al-Bayda, perto da cidade de Jarablus. A missão foi conduzida por coordenação direta da inteligência das SDF e Forças Armadas dos EUA como parte da atual operação de caça aos líderes do Daesh

    Segundo Hussein Nasser, um ativista que afirma ter falado com testemunhas no local, o terrorista foi supostamente morto em um ataque aéreo americano quando seguia escondido na traseira de um caminhão-tanque, informa o The New York Times.

    Muhajir foi nomeado porta-voz do Estado islâmico em 2016, após a morte do seu antecessor, que foi morto em um ataque aéreo norte-americano na província síria de Aleppo.

    Até o momento, Muhajir é o segundo terrorista de alto escalão morto pelas forças especiais dos EUA nos últimos dias no norte da Síria.

    Alegado assassinato

    O porta-voz do Ministério da Defesa da Rússia, general Igor Konashenkov, declarou que "não dispõe de informações confiáveis" sobre a eliminação do líder do Estado Islâmico pelos EUA.

    O ministério russo declarou que nem no dia da alegada eliminação de Abu Bakr al-Baghdadi, ocorrida em 26 de outubro, nem nos últimos dias, houve qualquer ataque aéreo dos EUA na região.

    A morte de al-Baghdadi foi anunciada no domingo (27) pelo presidente americano Donald Trump. O líder terrorista teria detonado um colete suicida depois de ter sido encurralado em um túnel, durante um ataque na província síria de Idlib.

    Mais:

    Assassinato de líder do Daesh pode alimentar outro ciclo de violência, alerta especialista
    Ministério da Defesa da Rússia não confirma informação dos EUA sobre morte de Abu Bakr al-Baghdadi
    Daesh já escolheu seu novo líder, diz revista
    Tags:
    terrorista, Daesh, Abu Bakr al-Baghdadi, Forças Democráticas Sírias (SDF)
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar