15:05 20 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Benny Gantz, líder do partido Azul e Branco, fala durante uma cerimônia na residência presidencial, em Jerusalém, no dia 23 de outubro de 2019.

    Rival de Netanyahu, Benny Gantz negocia coalizão para governar Israel

    © REUTERS / Ronen Zvulun
    Oriente Médio e África
    URL curta
    440
    Nos siga no

    O ex-chefe militar israelense, Benny Gantz, procurou na quarta-feira (23) atrair o líder nacionalista e ex-ministro da Defesa, Avigdor Lieberman, em uma tentativa de formar uma coalizão no país.

    As lideranças conversaram logo depois que Gantz recebeu o mandato para tentar formar uma maioria de 61 cadeiras, após o então primeiro-ministro Benjamin Netanyahu não conseguir concluir a tarefa em 28 dias.

    "Ambos concordaram em se reunir em breve. Eles também concordaram em uma reunião de seus grupos de negociação", afirmou a sede da campanha de Gantz através de comunicado.

    A aliança Azul e Branca centrista de Gantz estava um assento à frente do Likud de Netanyahu, que conquistou 32 cadeiras nas eleições de setembro, a segunda votação em seis meses. O Yisrael Beiteinu, de Lieberman, conquistou oito lugares.

    Se ele não conseguir construir o que descreve como um "governo sindical liberal", o mandato será passado a outro candidato com a chance de formar uma coalizão. Também é possível que haja uma nova eleição.

    Mais:

    Israel decide futuro de Netanyahu em reedição de eleição
    Rival de Netanyahu rejeita condições do premiê para formar governo
    Comandante iraniano adverte que Israel será apagado dos mapas políticos em caso de nova guerra
    Israel busca tratado de não-agressão com países árabes do golfo Pérsico
    Netanyahu não consegue formar governo em Israel e rival terá 28 dias para fazê-lo
    Tags:
    Likud, Avigdor Lieberman, Benjamin Netanyahu, Benny Gantz
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar