13:57 20 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Presidente da Rússia, Vladimir Putin, e da Turquia, Recep Tayyip Erdogan em 22 de outubro de 2019

    OTAN comenta memorando da Rússia e Turquia sobre Síria

    © Sputnik / Ramil Sitdikov
    Oriente Médio e África
    URL curta
    8158
    Nos siga no

    Os ministros da Defesa da OTAN discutirão a situação no nordeste da Síria na quinta (24) e sexta-feira (25), informou o secretário-geral da aliança Jens Stoltenberg.

    Além disso, Jens Stoltenberg afirmou que a aliança considera que é prematuro avaliar os acordos entre a Rússia e a Turquia.

    "Penso que é prematuro avaliar as consequências do acordo alcançado pelos presidentes da Turquia e da Rússia", disse Stoltenberg aos repórteres na quarta-feira (23).

    Ao mesmo tempo, Stoltenberg observou que o acordo de cessar-fogo no nordeste da Síria, previamente concluído com mediação dos EUA, é a base para uma solução política do conflito.

    "Vimos que se pode avançar para uma solução política [...] Temos que continuar avançando para obter uma solução política real e negociada na Síria", afirmou.

    Memorando de entendimento

    Nesta terça-feira (22), os presidentes da Rússia e da Turquia se reuniram para negociações no balneário russo de Sochi. Na agenda estava a ofensiva militar turca no nordeste da Síria. Após mais de sete horas de negociações, os líderes assinaram um memorando de entendimento.

    O acordo prevê que as milícias curdas – o principal alvo das operações turcas – irão se afastar a uma distância mínima de 30 km da fronteira com a Turquia.

    A operação turca, por sua vez, irá continuar somente entre as localidades de Tel Abyad e Ras al-Ayn, entrando no máximo em uma profundidade de 32 km no território sírio.

    Mais:

    Turquia pode comprar mais sistemas russos de defesa aérea S-400
    Turquia considerará proteção síria aos curdos como 'declaração de guerra'
    Turquia usa oposição síria como reforço em cidades abandonadas pelos curdos
    Tags:
    memorando, Turquia, Rússia, Jens Stoltenberg, OTAN
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar