21:42 13 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Militares russos durante cerimônia de visita do presidente russo, Vladimir Putin, à base aérea em Hmeymim, na Síria

    Analista político-militar explica vitória da Rússia na Síria

    © Sputnik / Mikhail Klimentiev
    Oriente Médio e África
    URL curta
    14652
    Nos siga no

    O presidente russo, Vladimir Putin, ganhou na Síria, escreveu jornal alemão. O analista político-militar, Oleg Glazunov, explicou como exatamente a Rússia atingiu vitória no país árabe.

    O presidente russo, Vladimir Putin, obteve a vitória na Síria sem guerra, escreveu Michael Stuermer, colunista do jornal alemão Die Welt. Segundo o colunista, após a saída das tropas norte-americanas da Síria, ninguém impedirá que Moscou realize uma "grande jogada" na região, sendo que, no início de 1990, muitos pensavam que a Rússia tinha perdido para sempre.

    "Putin conseguiu o que quase todos os líderes militares inteligentes sonharam ao longo da história: vitórias sem guerra", escreveu Stuermer.

    De acordo com o colunista alemão, a OTAN "viu os melhores dias" e a liderança da organização deve perceber a gravidade da situação e agir como se deve.

    Reconhecimento da vitória da Rússia

    Oleg Glazunov, integrante da Associação de Cientistas Políticos-Militares e professor do Departamento de Ciência Política e Sociologia da Universidade de Economia da Rússia Plekhanov, afirmou para o serviço russo da Rádio Sputnik que o reconhecimento da vitória da Rússia equivale ao reconhecimento da derrota da política dos EUA no Oriente Médio.

    "A política do presidente dos EUA sobre o Oriente Médio é como um elefante em uma loja de porcelanas. Trump conseguiu discutir com todos, incluindo os seus aliados. Portanto, a autoridade dos EUA no Oriente Médio diminuiu significativamente, e a Europa sempre esteve no meio da política dos EUA sobre Oriente Médio."

    Segundo Glazunov, se o Ocidente admitir que a Rússia ganhou na Síria, isso significaria derrota dos Estados Unidos, pois, como indica o professor, a "Guerra Fria realmente continua agora, então a vitória da Rússia na Síria seria uma pequena derrota dos EUA na Guerra Fria".

    Capacidade de resolver problemas globais

    O professor explicou que a Rússia provou a sua força e capacidade de resolver problemas globais e o mundo inteiro avalia positivamente as ações da Rússia não apenas na Síria, mas também no Oriente Médio como um todo. A Rússia demonstrou ser capaz de resolver problemas globais, incluindo os relacionados com a luta ao terrorismo.

    "A Rússia mostrou também que é capaz de defender os seus interesses no Oriente Médio e que não está abandonando seus amigos. Bashar Assad permaneceu no poder, apesar do fato de os EUA e os seus aliados no bloco da OTAN terem insistido na saída de Assad. A autoridade da Rússia no Oriente Médio cresceu tremendamente, e não apenas lá, mas em todo o mundo", afirmou Oleg Glazunov.

    No dia 9 de outubro, o líder turco Recep Tayyip Erdogan anunciou o lançamento da operação Fonte de Paz na Síria contra curdos e o Daesh (grupo terrorista proibido na Rússia e em várias outros países). Os EUA, por sua vez, anunciaram a saída de suas tropas do nordeste do país árabe.

    Mais:

    Presidente francês Macron critica reação da OTAN à ofensiva turca no norte da Síria
    Chefe do Pentágono revela para onde irão tropas estadunidenses retiradas da Síria
    Tropas turcas assumem controle da cidade síria de Ras al-Ain, informa mídia
    Tags:
    militar, operação, Síria, Rússia, vitória
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar