21:53 13 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Tanque da Turquia perto da cidade de Manbij, no nordeste da Síria, em 15 de outubro de 2019, após a retirada das forças norte-americanas da região

    Erdogan anuncia condições de retomada da operação militar na Síria

    © AP Photo / Ugur Can
    Oriente Médio e África
    URL curta
    0 41
    Nos siga no

    A operação militar de Ancara na Síria será retomada se os EUA, após 120 horas de cessar-fogo, não cumprirem suas obrigações de afastar as forças curdas da zona de segurança.

    No domingo (20), o presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, citado pelo canal de televisão NTV, afirmou que a operação militar turca Fonte de Paz prosseguirá se os EUA não cumprirem suas obrigações de retirar as forças curdas da zona de segurança. Segundo Erdogan, as tropas turcas neutralizaram "765 terroristas" desde o início da operação.

    Na quinta-feira passada (17), os EUA e a Turquia anunciaram um acordo sobre a suspensão, durante 5 dias, da operação militar de Ancara e de retirada das forças curdas da zona da segurança na fronteira turco-síria, zona que Ancara planeja controlar. No entanto, durante o cessar-fogo chegaram notícias sobre a continuação dos combates.

    O presidente turco também declarou que Ancara discutiu a suspensão das ações militares com Washington com e não a "organização terrorista".

    Fonte de Paz

    No dia 9 de outubro, o presidente da Turquia anunciou o início da chamada operação Fonte de Paz no norte da Síria. O objetivo, segundo Ancara, é a criação de zona de segurança na fronteira entre a Síria e a Turquia.

    As autoridades sírias do governo de Bashar Assad condenaram repetidamente a política de ocupação da Turquia no norte da Síria. A Rússia declarou que é necessário evitar ações que possam entravar a resolução do conflito sírio, que continua desde 2011.

    Fumaça subindo sobre a cidade fronteiriça síria de Tel Abyad vista da cidade turca de Akcakale
    © REUTERS / Stoyan Nenov
    Fumaça subindo sobre a cidade fronteiriça síria de Tel Abyad vista da cidade turca de Akcakale

    Mais:

    Comboio de caminhões dos EUA entra na Síria para evacuar bases, segundo mídia
    Tropas turcas assumem controle da cidade síria de Ras al-Ain, informa mídia
    'França faz jogo duplo na Síria', diz especialista
    Tags:
    EUA, Síria, Recep Tayyip Erdogan, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar