02:48 16 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Terroristas do Daesh no nordeste da Síria (foto de arquivo)

    Erdogan afirma que forças curdas libertaram de prisão 750 terroristas do Daesh

    © AP Photo / Site militar
    Oriente Médio e África
    URL curta
    214
    Nos siga no

    O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, declarou que as forças curdas das Unidades de Proteção Popular (YPG, na sigla em inglês) libertaram de prisão 750 terroristas do Daesh (grupo terrorista proibido na Rússia e em vários outros países).

    Além disso, assim como noticiado pelo canal de televisão turco NTV, o presidente da Turquia assegurou que 195 dos terroristas libertos já foram detidos.

    "YPG libertaram 750 terroristas do Daesh, 195 dos quais já detivemos", acentuou Erdogan a repórteres em Istambul.

    Erdogan e o vice-presidente dos EUA, Mike Pence, concordaram na quinta-feira (17) em suspender a operação turca na Síria por 120 horas para retirar as Forças de autodefesa dos curdos sírios da fronteira com a Turquia.

    Mike Pence declarou que os acordos implicam a retirada das forças curdas da zona segura de 30 km, que fica na fronteira entre a Turquia e a Síria, e na contribuição dos EUA para o processo. Pence observou que as tropas norte-americanas não voltarão para a área.

    Operação turca na Síria

    No dia 9 de outubro, Erdogan anunciou o início da operação Fonte de Paz no nordeste da Síria contra os curdos, que Ancara considera aliados do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), que é considerado pelo governo turco organização terrorista, e contra o Daesh.

    O governo sírio de Bashar Assad condenou a política de ocupação da Turquia no nordeste da Síria. A Rússia afirmou que a Turquia deve evitar ações que possam dificultar a resolução do conflito sírio, presente no país árabe desde 2011.

    Mais:

    Pentágono 'pressiona' OTAN para tomar medidas contra Turquia
    Mídia: EUA fazem 'demonstração de força' a combatentes apoiados pela Turquia na Síria
    Forças curdas teriam destruído veículo blindado da Turquia (VÍDEO)
    Tags:
    terroristas, libertados, YPG, Daesh, Recep Tayyip Erdogan
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar