21:40 13 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Soldado turco posicionado na fronteira com a Síria em frente ao grafite do Mustafa Kemal Ataturk, fundador da da República da Turquia

    França suspende venda de armas para Turquia em resposta à ofensiva na Síria

    © AP Photo / Lefteris Pitarakis
    Oriente Médio e África
    URL curta
    41011
    Nos siga no

    O Ministério da Defesa francês informou em um comunicado neste sábado ter suspendido a exportação de armas para a Turquia, em função da operação militar da Ancara na Síria.

    O presidente da França, Emmanuel Macron, já condenou a operação turca na Síria e pressionou Ancara pelo encerramento imediato das manobras.

    "A França decidiu suspender todos os planos de exportação de equipamento militar para a Turquia, que possam ser usados como parte da ofensiva. [...] Esta decisão tem efeito imediato. O Conselho de Relações Exteriores da UE, que se reunirá em 14 de outubro em Luxemburgo, será uma oportunidade de coordenar uma abordagem européia nesse sentido", informou o comunicado.

    A ofensiva turca - Fonte de Paz - no norte da Síria, atende o objetivo de longa data de Ancara, que deseja eliminar a presença das milícias curdas e dos militantes do Daesh em sua fronteira com o país árabe e criar uma zona de segurança ne região. A operação militar já resultou em mortes de civis dois lados da fronteira.

    Damasco considera as manobras turcas como uma violação da integridade territorial da Síria. Vários países, incluindo a Rússia, pediram à Turquia que se abstenha de ações que possam criar obstáculos ao processo de paz no país abalado pela Guerra Civil desde 2011.

    A operação militar turca foi duramente condenada pela comunidade internacional, inclusive por diversos países árabes.

    Mais:

    Turquia registra 2ª baixa em operação na Síria, diz Ministério da Defesa
    Secretário de Defesa dos EUA alerta Turquia sobre 'sérias consequências' pela operação na Síria
    Trump aponta '3 opções' dos EUA para responder à ação da Turquia na Síria
    Tags:
    YPG, curdos, guerra, relações bilaterais, militar, França, Síria, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar