15:46 19 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Refugiados sírios no acampamento de Rukban, na fronteira sírio-jordaniana (foto de arquivo)

    Cerca de 1.600 refugiados sírios voltam para casa a partir do Líbano e da Jordânia

    © AP Photo /
    Oriente Médio e África
    URL curta
    180
    Nos siga no

    Quase 1.600 cidadãos sírios que haviam deixado o país por conta da guerra retornaram para sua terra natal nas últimas 24 horas, conforme revelou neste sábado o Centro Russo para Reconciliação na Síria.

    "Nas últimas 24 horas, um total de 1.598 refugiados retornaram à República Árabe da Síria de países estrangeiros: 890 pessoas, incluindo 267 mulheres e 454 crianças, retornaram do Líbano pelos postos de controle de Jaydet-Yabus e Talkalakh, enquanto 708 pessoas, incluindo 212 mulheres e 361 crianças, retornaram da Jordânia pelo posto de controle de Nassib", afirmou o centro, gerenciado pelo Ministério da Defesa da Rússia

    ​Também nesse período de 24 horas, enquanto os refugiados voltavam para casa, as unidades de engenharia da Síria conseguiram limparam 2,6 hectares de território minado, destruindo 41 dispositivos explosivos.

    Como o governo sírio recuperou o controle da maioria dos territórios do país confiscados por terroristas e outros grupos armados de oposição, agora está focado na reabilitação da infraestrutura e na criação de condições favoráveis para o repatriamento de refugiados. Moscou está ajudando Damasco nesse processo, além de fornecer ajuda humanitária a civis e monitorar o regime de cessar-fogo.

    Desde 18 de julho de 2018, mais de 434.000 sírios retornaram ao seu país, incluindo mais de 137.000 sírios do Líbano e 296.000 da Jordânia.

    Mais:

    Mais de mil refugiados sírios retornam da Jordânia e do Líbano em um dia
    Erdogan recebe Putin e Rouhani em cúpula para debater contenção de refugiados sírios
    Europa pode ter uma nova crise de refugiados maior do que a de 2015, diz ministro alemão
    Criticado por ação na Síria, Erdogan ameaça enviar milhões de refugiados para a Europa
    Tags:
    Centro Russo para a Reconciliação Síria, Ministério da Defesa da Rússia, sírios, refugiados, Jordânia, Líbano, Moscou, Damasco, Síria, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar