17:35 12 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Presidente norte-americano Donald Trump em coletiva de imprensa na Casa Branca, em 9 de Outubro de 2019

    Trump aponta '3 opções' dos EUA para responder à ação da Turquia na Síria

    © REUTERS / Jonathan Ernst
    Oriente Médio e África
    URL curta
    19719
    Nos siga no

    Trump apontou as três respostas possíveis dos EUA à operação turca na Síria. Nesta quarta-feira (9), a Turquia iniciou uma operação militar na Síria após a retirada das tropas americanas da região.

    O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, declarou que seu país tem três opções para reagir à operação turca Fonte de Paz, no nordeste da Síria.

    "Temos uma de três opções: enviar milhares de tropas e ganhar militarmente, dar um forte golpe na Turquia financeiramente e com sanções, ou mediar um acordo entre a Turquia e os curdos!", tuitou o presidente dos EUA.

    ​Além disso, Trump lembrou que não há tropas norte-americanas na área sendo atacada pela Turquia. 

    "Derrotamos 100% do califado do Daesh [organização terrorista proibida na Rússia e demais países] e já não temos tropas na área que está sendo atacada pela Turquia na Síria. Fizemos o nosso trabalho perfeitamente! Agora a Turquia está atacando os curdos, eles estão lutando ente si há 200 anos", escreveu.

    Operação Promavera da Paz na Síria

    Nesta quarta-feira (9), a Turquia anunciou o início de uma operação militar no norte da Síria, com o intuito de, segundo as autoridades turcas, criar uma zona de segurança, erradicar "terroristas" e eventualmente repatriar refugiados sírios atualmente localizados na Turquia.

    A operação se insere no contexto da luta turca contra o separatismo curdo em seu território. A Turquia considera as forças curdas que estão na Síria como aliadas do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), considerado grupo separatista.

    Militantes curdos na região de Akçakale na fronteira entre a Turquia e a Síria
    © Sputnik / Khikmet Dargan
    Militantes curdos na região de Akçakale na fronteira entre a Turquia e a Síria

    Nesta quinta-feira (10), as Forças Armadas turcas informaram haver atingido pelo menos 181 alvos curdos. Na sexta-feira (11) foi anunciada a primeira baixa turca durante os combates.

    Mais:

    Avião de vigilância da Turquia teria sido abatido sobre província síria de Hasakah
    Ministro da Defesa da Turquia declara neutralização de 342 'terroristas' na Síria
    Turquia volta a bombardear posições curdas na Síria (VÍDEO)
    Tags:
    Donald Trump, EUA, curdos sírios, Síria, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar