21:31 16 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Soldado turco ao lado de veículo blindado na fronteira turco-síria, 9 de outubro de 2019

    Erdogan diz que 109 'terroristas' foram mortos desde início de operação na Síria

    © Sputnik / Khikmet Dargan
    Oriente Médio e África
    URL curta
    4162
    Nos siga no

    O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, disse que, desde o início da Operação Fonte de Paz no nordeste da Síria, 109 "terroristas" foram mortos.

    Segundo o presidente turco, na noite de 9 de outubro, primeiro a artilharia e depois a aviação e unidades terrestres das Forças Armadas da Turquia entraram no território fronteiriço.

    "No momento, 109 terroristas foram mortos, além de muitos feridos e os que se renderam. Lá começaram uma propaganda suja contra a Turquia, que ela estaria bombardeando civis. São vocês, sem vergonha, que atacam civis! Estamos tomando medidas contra a propaganda suja, divulgamos publicamente cada passo que damos", disse Erdogan em pronunciamento em Ancara, capital turca.

    Erdogan havia anunciado ontem, (9), o início da Operação Fonte de Paz no norte da Síria. O objetivo da operação seria combater os membros do Partido dos Trabalhadores do Curdistão, proibido na Turquia, e o Daesh (grupo terrorista proibido na Rússia e em outros países).

    Desde então, as forças militares turcas têm conduzido operações terrestres e aéreas contra as cidades sírias de Ras al-Ain e Tel Abyad.

    Mais:

    Cinco armas de Trump para aniquilar por completo a economia da Turquia
    Senador americano defende venda de caças F-35 para Turquia apesar da compra de S-400
    Turquia diz que 181 alvos já foram atingidos durante operação na Síria
    Tags:
    Síria, curdos, Recep Tayyip Erdogan, Turquia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar