07:13 14 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Líder supremo iraniano, aiatolá Ali Khamenei

    Irã poderia ter construído bomba nuclear, mas não o fez, diz aiatolá

    © AP Photo / Office of the Iranian Supreme Leader
    Oriente Médio e África
    URL curta
    680
    Nos siga no

    O Irã poderia ter criado uma bomba nuclear, mas não o fez, declarou o líder supremo iraniano, o aiatolá Ali Khamenei.

    O líder supremo da república islâmica declarou que seu país escolheu trilhar o caminho do átomo pacífico.

    "Embora pudéssemos ter ido nessa direção, entendemos que o uso dessa arma é estritamente proibido e por isso que não temos motivos para investir em criação e armazenamento desse tipo de armas", disse Khamenei citado em seu site.

    Os países ocidentais vem pressionando o Irã com objetivo de impedir que o país construa uma bomba nuclear. O governo iraniano, no entanto, enfatizou repetidas vezes não ter planos e que o seu uso do átomo é estritamente pacífico.

    Em julho de 2015, o Irã e seis mediadores internacionais - Rússia, Estados Unidos, Reino Unido, China, França e Alemanha - assinaram o Plano de Ação Conjunto Global (JCPOA), que estabeleceu uma série de limitações ao programa nuclear iraniano de modo a excluir uma possível dimensão militar da pesquisa, em troca do levantamento de sanções internacionais.

    Em maio de 2018, os EUA quebraram o acordo e voltaram a impor sanções contra o Irã, alegando que o país ainda estaria desenvolvendo armas nucleares.

    Um ano após a retirada dos Estados Unidos do JCPOA, o Irã começou a reduzir gradualmente o cumprimento de seus compromissos nucleares, alegando falta de iniciativa de outros signatários para combater as restrições dos EUA.

    Mais:

    Netanyahu revela suposta instalação nuclear secreta do Irã e é chamado de 'mentiroso'
    Irã diz que 'passo importante' foi dado para reunião sobre acordo nuclear com os EUA
    Representante da UE reafirma unidade para preservar acordo nuclear com Irã
    França vai se esforçar para levar o Irã de volta ao acordo nuclear, diz ministra da Defesa
    Irã dá prazo de 2 meses para acordo nuclear ser negociado com as partes
    Tags:
    bomba nuclear, Aiatolá Ali Khamenei, aiatolá, programa nuclear iraniano, Irã, Plano Conjunto de Ação Integral (JCPOA)
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar