07:14 14 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Soldado segurando bandeira do Daesh em Raqqa, Síria

    Homens-bomba do Daesh atacam posições curdas em Raqqa

    © AP Photo / Asmaa Waguih
    Oriente Médio e África
    URL curta
    2135
    Nos siga no

    As Forças Democráticas da Síria (FDS) informaram nesta terça-feira (8) que pelo menos 3 ataques de homens-bomba do Daesh foram realizados em suas posições.

    O grupo FDS enfatizou em comunicado que os terroristas do Daesh (organização terrorista proibida na Rússia e em uma série de países) tiraram "vantagem da iminente invasão turca", acrescentando que "os confrontos ainda estão em andamento".

    O FDS, no entanto, não forneceu mais detalhes sobre vítimas ou danos infligidos pelo ataque terrorista.

    Raqqa foi tomada pelas forças da oposição síria em 2013 e depois capturada pelo Daesh, que proclamou a cidade como sua capital de fato. Em 2016, o FDS, apoiado pela coalizão liderada pelos EUA, lançou uma campanha para libertar a cidade. A operação culminou na Batalha de Raqqa de 2017, que finalmente colocou Raqqa sob o controle das Forças Democráticas da Síria. 

    No começo da semana, o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, prometeu iniciar uma operação militar no norte da Síria, a leste do Eufrates, nos próximos dias, depois que os Estados Unidos anunciaram a retirada de suas tropas da região.

    Em 5 de outubro, a Turquia anunciou a operação militar para criar uma zona de segurança no norte da Síria. Os Estados Unidos se recusaram a se juntar a Ancara em sua operação e começaram a retirar suas tropas do país do Oriente Médio.

    Mais:

    EUA afirmam não terem notícias de operação da Turquia na Síria
    Irã adverte Turquia contra operação militar na Síria
    Líderes curdos consideram ajuda de Damasco e Moscou se EUA deixarem a Síria
    Tags:
    operação militar, Daesh, Raqqa, Turquia, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar