14:16 22 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Lançamento de míssil balístico pelos houthis contra a Arábia Saudita

    Houthis: novos ataques contra Arábia Saudita estão em preparação

    © REUTERS / Houthi Military Media Unit
    Oriente Médio e África
    URL curta
    8172
    Nos siga no

    O movimento rebelde dos houthis, que controla o norte do território do Iêmen, disse que está preparando novos ataques contra a Arábia Saudita. 

    Segundo o grupo, a ação será levada a cabo se Riad não responder aos pedidos para cessar suas hostilidades. Em meados de setembro os houthis reivindicaram a autoria dos ataques contra refinarias de petróleo sauditas, que ocasionaram uma forte queda na produção do país. 

    A Arábia Saudita lidera uma coalizão que combate os houthis no Iêmen ao lado do governo local. Os rebeldes, por sua vez, são apoiados pelo Irã. Após a ofensiva, o grupo disse que iria suspender os ataques com drones, e pediu para Riad fazer o mesmo. 

    "Preparações de larga escala estão em andamento para ataques irrestritos e poderosos, que serão suficientes para derrubar o agressor se esforços de paz e diálogo não trouxerem sucesso", disse o Conselho Político Supremo dos Houthis em um comunicado, segundo publicado pela emissora Almasirah TV, que é controlada pelo movimento. 

    'Ponta de um iceeberg'

    De acordo com o órgão, os ataques nas instalações sauditas foram apenas "a ponta de um iceberg" em comparação com a capacidade dos rebeldes. 

    Após os houthis anunciarem a suspensão dos ataques com drones, a mídia indicou que a Arábia Saudita tinha concordado com um cessar-fogo. No entanto, o movimento informou que as ofensivas sauditas continuavam. 

    Riad acusa o Irã de estar por trás dos ataques contra a refinarias, argumentando que os rebeldes não tem poder de fogo suficiente. Teerã, por sua vez, nega participação na ação e diz que as alegações da Arábia Saudita e dos EUA, que também acusam o Irã, fazem parte de um complô.

    Mais:

    Secretário de Estado dos EUA diz que ataque contra sauditas foi 'ato de guerra' do Irã
    Irã exige provas de acusações e não descarta 'guerra generalizada', diz Zarif
    Irã diz que EUA exageram a magnitude do ataque a Saudi Aramco
    Macron quer cautela na busca por responsáveis por ataques contra petrolíferas sauditas
    Sauditas 'não sabem nada' sobre ataques contra suas petrolíferas, diz conselheiro do Irã
    Tags:
    Houthis, ataque, petróleo, guerra, Arábia Saudita, Irã, Iêmen
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar