22:12 13 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Exercícios militares no Irã com lançamento de míssil terra-mar Saegheh

    Bahrein culpa Irã por ataque a campos de petróleo sauditas e pede ação internacional

    © AP Photo / Fars News Agency/Mehdi Marziad
    Oriente Médio e África
    URL curta
    9719
    Nos siga no

    O ministro das Relações Exteriores do Bahrein, Khalid bin Ahmed bin Mohammed Al Khalifa, culpou o Irã pelo ataque aos campos de petróleo da Arábia Saudita.

    "Apelamos à comunidade internacional em geral e ao Conselho de Segurança [da ONU], em particular, para que assuma suas responsabilidades em manter a paz e a segurança internacionais e assuma uma posição firme em relação a repetidas práticas criminais iranianas", disse o chanceler, de acordo com a Agência de Imprensa Saudita, durante a 74ª sessão da Assembléia Geral da ONU em Nova York.

    Nas primeiras horas de 14 de setembro, um ataque de drone atingiu as instalações de processamento de petróleo da Saudi Aramco em Abqaiq e Khurais, forçando a companhia nacional de petróleo a desativá-las. O ataque causou uma forte queda na produção de petróleo da Arábia Saudita. 

    Embora o movimento dos rebeldes houthi, do Iêmen, tenha assumido a responsabilidade pelos ataques, os Estados Unidos e a Arábia Saudita culparam o Irã. Teerã nega ter participado do incidente.

    Mais:

    Trump disse 'não' à proposta do Irã de se encontrar em troca do cancelamento das sanções
    Irã libera petroleiro britânico Stena Impero
    Turquia continuará comércio com Irã apesar das sanções dos EUA, afirma Erdogan
    Irã inicia construção de 3 novíssimos destróieres
    Embaixador do Irã em Bagdá ameaça atacar tropas americanas no Iraque
    Tags:
    Estados Unidos, Arábia Saudita, Assembleia Geral da ONU, ONU, Irã
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar