21:02 08 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Coalizão da aviação dos países árabes causou ataques aéreos contra a residência do ex-presidente do Iêmen, Ali Abdullah Saleh

    Irã pede que Arábia Saudita ponha um fim na guerra contra Iêmen

    © Sputnik / Stringer
    Oriente Médio e África
    URL curta
    8161
    Nos siga no

    O Ministério de Relações Exteriores do Irã fez um apelo para que a Arábia Saudita pare com acusações "sem fundamento" e ponha fim à guerra no Iêmen.

    O ministro de Estado das Relações Exteriores da saudita, Adel Al Jubeir, afirmou neste sábado que os ataques contra instalações petrolíferas da Riad dos feridos realizados a partir do Irã e não do Iêmen.

    “Ao invés de acusações sem fundamento contra outros, o governo da Arábia Saudita deveria pôr um fim à guerra devastadora no Iêmen que não criou nada mais que assassinatos de pessoas inocentes e destruições desse país”, diz a declaração do porta-voz da chancelaria iraniana, Abás Musaví.

    O porta-voz rechaçou mais uma vez as acusações de que Teerã teria participado dos ataques contra instalações petrolíferas da Arábia Saudita.

    Em 14 de setembro, a Arábia Saudita, o maior exportador e um dos principais produtores de petróleo do mundo, cortou em quase cinquenta por cento o seu fornecimento diário do produto em função dos ataques de drones às instalações da companhia estatal de petróleo, a Saudi Aramco.

    Mais:

    EUA estiveram por trás de ataque contra refinarias sauditas, afirma deputado russo
    Irã pede que Arábia Saudita ponha um fim na guerra contra Iêmen
    EUA enviam navio destruidor de mísseis de cruzeiro à Arábia Saudita, diz mídia
    Tags:
    guerra, Iêmen, Irã, Arábia Saudita
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar