18:00 21 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Vladimir Putin e Xi Jinping durante o segundo dia do Fórum Um Cinturão, uma Rota, em 15 de maio de 2017

    Nova Rota da Seda trava declaração do Conselho de Segurança da ONU sobre Afeganistão

    © Sputnik / Sergei Guneev
    Oriente Médio e África
    URL curta
    3191
    Nos siga no

    China e Rússia estão em conflito com os Estados Unidos e outros membros do Conselho de Segurança das Nações Unidas por conta da resolução da missão política da ONU no Afeganistão.

    Pequim insiste em inserir uma referência ao seu programa de investimentos de US$ 1 trilhão conhecido como Nova Rota da Seda, ou Cinturão e Rota (BRI, na sigla em inglês), no texto. 

    O mandato de seis meses da missão expira na terça-feira (17) e os membros do Conselho se reuniram a portas fechadas por mais de mais duas horas nesta segunda-feira (16). Contudo, não houve consenso para emitir um comunicado. 

    O embaixador russo, Vasily Nebenzya, atual presidente do Conselho, disse à imprensa depois da reunião que os diplomatas estão trabalhando em um novo texto e "estamos no processo de alcançar um acordo".

    Os EUA e outros membros resistem à inclusão do programa chinês no texto. 

     

    Mais:

    'Gesto de boa vontade': Trump adia tarifas contra a China
    Taxista escapa ileso após veículo ser 'engolido' por cratera que se abriu na China (VÍDEO)
    Destróier dos EUA entra em águas reivindicadas por Pequim no mar do Sul da China
    Marinha americana: EUA 'desafiam' Pequim com entrada de destróier nas águas disputadas pela China
    Tags:
    Conselho de Segurança da ONU, Afeganistão, Rússia, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar