14:22 22 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Casa Branca em Washington

    Autoridades dos EUA culpam Irã pelo ataque contra instalações da Saudi Aramco

    © Sputnik / Aleksei Agaryshev
    Oriente Médio e África
    URL curta
    12412
    Nos siga no

    Duas instalações da Saudi Aramco foram atacadas por drones neste sábado, suspendendo a produção de 5,7 milhões de barris de petróleo por dia. A organização Houthi, no Iêmen, assumiu a responsabilidade pelos ataques.

    De acordo com altas autoridades americanas, citadas pela Reuters, o alcance e a precisão dos ataques, que vieram em uma direção oeste-noroeste, sugerem que o lançamento não foi feito pelos houthis.

    "Não há dúvida de que o Irã é responsável por isso. Não importa como você interpreta, não há como escapar. Não há outro candidato. As evidências não apontam em outra direção senão para o Irã", afirmaram as autoridades citadas pela Reuters.

    Autoridades norte-americanas observaram supostas imagens de satélite de 19 supostos impactos nas instalações de petróleo, disse a Reuters, acrescentando que as autoridades alegam ter evidências adicionais ainda não reveladas.

    As autoridades americanas, citadas pela Reuters, até agora se recusam a dizer de onde o ataque foi lançado. "Existem duas opções, e temos nossa opinião sobre qual era", disseram autoridades dos EUA, acrescentando que o governo iraquiano declarou não estar por trás dos lançamentos, informou a Reuters.

    Segundo a Reuters, citando autoridades americanas, Washington está trabalhando com autoridades sauditas que alegam que mísseis de cruzeiro foram usados ​​nos ataques às instalações de petróleo da Saudi Aramco.

    Mais de 17 dispositivos foram lançados, afirmaram as autoridades americanas, acrescentando que nem todos os projéteis atingiram seus objetivos e alguns foram recuperados ao norte do destino pretendido, segundo a Reuters.

    "Os houthis nunca chegaram tão longe no passado, não acreditamos que eles tenham essa capacidade. E os houthis nunca haviam atingido dessa maneira precisa e coordenada antes", disseram as autoridades americanas, citadas pela Reuters.

    O secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, alegou anteriormente que o Irã estaria envolvido nos ataques. Teerã classificou essas alegações de falsas.

    Tags:
    Irã, EUA, Arábia Saudita, Saudi Aramco
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar