14:26 16 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, na reunião semanal de gabinete em Jerusalém, 16 de setembro de 2018

    Israel decide futuro de Netanyahu em reedição de eleição

    © AP Photo / Sebastian Scheiner
    Oriente Médio e África
    URL curta
    459
    Nos siga no

    Israel realiza sua segunda eleição em cinco meses na terça-feira (17) enquanto o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu luta pela sua sobrevivência política.

    Netanyahu, o primeiro-ministro mais longevo de Israel, sofreu uma das maiores derrotas de sua carreira após as eleições de abril, quando não conseguiu formar uma coalizão apesar de seu partido de direita, o Likud, e seus aliados ganharem a maioria dos assentos no Parlamento.

    Em vez de abrir caminho para o presidente israelense Reuven Rivlin escolher outra pessoa para formar um governo, o premiê, que pode ser indiciado por corrupção nas próximas semanas, optou por uma nova eleição. 

    As pesquisas de opinião finais divulgadas na sexta-feira indicam outra disputa acirrada entre o Likud e o ex-chefe militar Benny Gantz. Uma repitição do cenário em que o vencedor não consegue formar uma coalizão não pode ser descartado.

    A participação dos eleitores em meio ao cansaço eleitoral será um fator-chave, juntamente com o surpreendente surgimento de questões relacionadas à religião e ao Estado.

    E, mais uma vez, a eleição representará em grande parte um referendo sobre Netanyahu.

    A controvertida promessa do premiê de anexar um terço da Cisjordânia ocupada se ele vencer e sua breve escolta para fora do palco em um comício por causa de foguetes de Gaza estão entre as questões que dominam os últimos dias da campanha.

    Mais:

    Rússia adverte para mais tensões no Oriente Médio se Israel anexar Vale do Jordão
    Força Aérea de Israel realiza ataques contra o Hamas na Faixa de Gaza
    Chanceler iraniano ironiza os EUA: 'não precisam de inimigos com um amigo como Israel'
    Trump: EUA e Israel negociam acordo de defesa mútua
    Tags:
    Israel, Benjamin Netanyahu
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar