15:12 27 Novembro 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    22224
    Nos siga no

    A realização do plano israelense de anexar o vale do Jordão, anunciado pelo premiê Benjamin Netanyahu, pode levar a uma escalada da tensão regional, alertou o Ministério das Relações Exteriores da Rússia.

    O primeiro-ministro de Israel afirmou ontem que pretende estender a soberania do seu país sobre o Vale do Jordão e também sobre a parte norte do mar Morto caso ele seja reeleito no próximo dia 17, acirrando as disputas com os palestinos.

    "Compartilhamos a preocupação com relação a esses planos pelas autoridades israelenses, cuja realização pode causar uma escalada drástica de tensão na região, minar as esperanças de estabelecer uma paz esperada entre Israel e os vizinhos árabes", disse em comunicado a chancelaria russa.

    De acordo com Moscou, o simples anúncio dessa intenção já tem provocado uma reação aguda entre países de maioria árabe

    "Confirmamos nossa posição consecutiva e constante sobre a necessidade de uma solução política abrangente do conflito israelense-palestino com base no conceito de criação de dois estados para dois povos dentro das fronteiras de 1967", acrescentou a diplomacia russa.

    Mais:

    Israel ataca posições do Hamas em Gaza após ataque de drones
    Drone militar das Forças de Defesa de Israel cai em Gaza
    Sirenes de alerta contra foguetes forçam Netanyahu a deixar comício em Israel (VÍDEO)
    Líder palestino avisa que acabará com todos os acordos se Israel anexar terras na Cisjordânia
    Tags:
    Oriente Médio, Rússia, Benjamin Netanyahu, Cisjordânia, Palestina, Israel
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar