07:57 12 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Brian Hook, representante dos EUA para o Irã após declaração sobre a criação do Grupo de Ação para o Irã

    Inédito: EUA oferecem US$ 15 milhões por informações contra o Irã

    © AP Photo / Cliff Owen
    Oriente Médio e África
    URL curta
    17428
    Nos siga no

    Os Estados Unidos ofereceram uma recompensa de até US$ 15 milhões por informações com o objetivo de minar mecanismos financeiros do Corpo da Guarda Revolucionária Islâmica do Irã.

    A oferta busca também informações sobre vendas de petróleo e navios-tanque, segundo informou o Departamento de Estado dos EUA em nota publicada nesta quarta-feira (4).

    "O setor de Recompensas por Justiça do Departamento de Estado dos EUA (RFJ) está oferecendo uma recompensa de até US$ 15 milhões por informações que levem à interrupção dos mecanismos financeiros da Guarda Revolucionária Islâmica do Irã e suas filiais", diz a nota.

    O texto acrescenta que a recompensa "inclui buscar informações sobre as vendas ilícitas de petróleo" da Guarda Revolucionária iraniana.

    Em comentários posteriores, o representante especial dos EUA, Brian Hook, disse que essa ação marca a primeira vez que os Estados Unidos oferecem recompensa por informações que perturbam as operações financeiras de uma entidade governamental. Ele acrescentou que a ação era necessária porque o IRGC age mais como uma organização terrorista do que como um governo.

    Hook também alertou os operadores portuários para que evitem negociações com qualquer navio petroleiro vinculado ao Irã, o que violaria as sanções impostas ao Irã.

    O representante acrescentou que a guarda iraniana utiliza as receitas do petróleo para financiar atividades do Hezbollah, Hamas, Houthis no Iêmen e forças no Iraque e na Síria.

    Mais:

    'Bom dia, Donald Trump': Irã mostra satélite intacto após alegada explosão durante lançamento
    Irã acusa Israel de violar direito internacional ao atacar o sul do Líbano
    Espião iraniano teria ajudado a realizar ciberataque em instalações nucleares do Irã, diz mídia
    Presidente do Irã rebate Trump e diz que Irã nunca negociará com os EUA
    Tags:
    Iêmen, Irã, Estados Unidos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar