08:42 23 Fevereiro 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    7192
    Nos siga no

    Autoridades iraquianas suspenderam nesta segunda-feira (2) a licença de uma estação de TV financiada pelos EUA por três meses depois da exibição de um programa sobre corrupção.

    A reportagem mostrou um possível caso de corrupção dentro de estabelecimentos religiosos sunitas e xiitas do Iraque e acusou figuras religiosas importantes de se beneficiarem de empresas como resultado de suas conexões com o Estado.

    O programa provocou protestos nas redes sociais, com alguns políticos exigindo que os escritórios da estação no Iraque sejam fechados.

    A Comissão de Comunicação e Mídia, reguladora de mídia do país, exigiu na segunda-feira (2) um pedido público de desculpas da emissora Alhurra e suspendeu seu trabalho por três meses, acusando-a de preconceito e difamação.

    Em um comunicado, Alhurra descreveu sua reportagem como "justa, profissional e equilibrada". A empresa disse que havia dado ampla oportunidade para os mencionados no caso responderem, mas que eles se recusaram. 

    "Dados os desafios políticos, econômicos e sociais que a região enfrenta, são urgentemente necessárias transparência e honestidade nas reportagens da mídia", afirmou.

    Mais:

    Pentágono: Daesh reforça rede clandestina na Síria e no Iraque
    Guerra Irã-Iraque: retrospectiva do conflito em imagens
    Trunfo na manga: Que plano têm Irã e Iraque capaz de afastar EUA do mercado petroleiro europeu?
    Administração Trump teria aprovado ataques de Israel no Iraque, contrariando Pentágono
    Tags:
    Iraque, Estados Unidos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar