06:15 23 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Ataque aéreo na vila de Kafr Nabuda, em Idlib (arquivo)

    Pentágono confirma realização de ataque a terroristas em Idlib, na Síria

    © AP Photo /
    Oriente Médio e África
    URL curta
    131711
    Nos siga no

    Os Estados Unidos confirmaram neste sábado que realizaram um ataque contra líderes jihadistas da Al-Qaeda na Síria (AQ-S), a Hurras ad-Din (organização proibida na Rússia e em vários países), perto da cidade de Idlib, no noroeste da Síria.

    "Essa operação visava líderes da AQ-S responsáveis por ataques que ameaçam cidadãos dos EUA, nossos parceiros e civis inocentes", disse o Pentágono em um breve comunicado citado pela AFP.

    Segundo o Observatório Sírio para os Direitos Humanos (OSDH), também citado pela agência, pelo menos 40 líderes jihadistas foram mortos no ataque deste sábado, primeiro dia de um novo regime de cessar-fogo na região, anunciado ontem pelo Centro Russo para a Reconciliação na Síria.

    ​No início deste mês, o Exército Sírio lançou uma ofensiva na província, citando violações constantes de um cessar-fogo por parte dos militantes, e libertou vários assentamentos, incluindo Khan Shaykhun, que serviu como um bastião para milícias antigovernamentais e grupos terroristas durante anos.

    A imprensa local informou mais cedo que a coalizão internacional lançou um ataque com mísseis contra a sede do Hurras ad-Din. Mas ataques dos EUA a alvos extra-Daesh (grupo terrorista também proibido na Rússia e em vários países) na Síria têm sido raros, já que esse seria o foco principal da coalizão.

    Mais:

    Força Aérea da Síria realiza ataque a comboio militar turco em Idlib, segundo mídia
    Israel realiza ataques aéreos na fronteira de Líbano e Síria
    Erdogan: EUA não podem impedir criação de zona tampão na Síria
    Tags:
    Rússia, EUA, cessar-fogo, Pentágono, AFP, Daesh, Al-Qaeda, Idlib, Estados Unidos, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar