01:48 18 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    As bandeiras nacionais dos EUA e do Irã

    Irã não vai negociar com EUA só para ter 'foto de lembrança', comenta parlamentar

    © AP Photo / Carlos Barria
    Oriente Médio e África
    URL curta
    4141
    Nos siga no

    Os parlamentares iranianos comentaram em uma entrevista à Sputnik a última declaração do presidente do Irã, Hassan Rouhani, sobre possíveis negociações com os EUA.

    Na terça-feira (27), o presidente do Irã, Hassan Rouhani, afirmou que os EUA devem desistir das sanções contra o Irã e que isso seria o primeiro passo para o início das negociações sobre a regulação do conflito entre o Irã e os EUA.

    "O país sempre esteve pronto para as negociações […] mas primeiramente são os EUA que devem agir, anulando todas as sanções ilegais, desonestas e injustas impostas contra o Irã", disse o presidente iraniano.

    EUA ignoram interesses do Irã

    "O estabelecimento de relações com os outros Estados com base nos interesses nacionais do país é um dos princípios fundamentais da atividade em política externa do Irã. O Irã vai desenvolver e fortalecer as relações bilaterais com todos os países, mas há sempre excepções. Neste caso são os EUA", disse Alaeddin Boroujerdi à Sputnik Persa, parlamentar iraniano e membro do Comitê de Segurança Nacional e Política Externa, comentando a declaração do presidente do país.

    Alaeddin Boroujerdi adicionou que os EUA "não prestam atenção aos interesses nacionais do Irã e violam as normas e leis internacionais".

    O parlamentar também sublinhou que para o Irã seria bom realizar negociações com a Europa.

    "Devo relembrar que o Irã está totalmente preparado e aberto para quaisquer negociações com quaisquer países", adicionou Boroujerdi.

    Teerã procura negociações frutíferas

    Outro parlamentar iraniano e membro do Comitê de Segurança Nacional e Política Externa do país, Hadi Shushtari, disse que o Irã está pronto para negociações somente na condição de elas serem eficazes.

    "Na sua declaração, o senhor Rouhani mencionou os interesses nacionais do país, e se houver quaisquer conferências ou cimeiras que levem à resolução dos problemas da sociedade, neste caso, com certeza, será oferecida colaboração para a realização delas", afirma Hadi Shushtari.

    O parlamentar também disse que se houver um país que vise realizar negociações com o Irã, então o país vai as organizar. Mas "só se forem negociações reais e frutíferas, e não um encontro apenas para haver uma discussão entre especialistas ou para obter uma foto como lembrança", explicou Hadi Shushtari.

    Mais:

    Trump deseja 'boa sorte' ao Irã na investigação do suposto acidente com foguete
    EUA promovem novo tipo de unilateralismo extremista, adverte chanceler iraniano
    EUA incluem navio petroleiro nas lista de sanções contra Irã
    Tags:
    parlamentares, negociações, EUA, Irã
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar