14:02 12 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Um funcionário do serviço de segurança afegão reza em um subúrbio de Cabul após ataque do Talibã contra cadetes recém-graduados, em 30 de junho de 2016

    Embaixador dos EUA no Afeganistão questiona postura do Talibã

    © AFP 2019 / Wakil Kohsar
    Oriente Médio e África
    URL curta
    525
    Nos siga no

    O embaixador dos Estados Unidos no Afeganistão, John Bass, alertou em comunicado nesta quarta-feira (28) que os contínuos ataques do Talibã ameaçam as perspectivas de um acordo de paz que acabe com 18 anos em conflito.

    "Os talibãs dizem que querem a paz e que estamos perto de um acordo que promova uma acomodação, mas ao mesmo tempo eles estão destruindo as telecomunicações e outras infraestruturas dos afegãos", disse Bass através do Twitter.

    Na quarta-feira, o Talibã afirmou ter matado pelo menos 14 membros de uma milícia pró-governo na província de Herat, mesmo após um porta-voz do grupo afirmado que Talibã e Estados Unidos estão próximos de um acordo de paz após uma semana de negociações no Qatar.

    Bass disse que os EUA e os afegãos devem prestar atenção ao que o Talibã faz e diz. 

    Até agora, o Talibã tem se recusado a conversar com representantes do governo afegão.

    Mais:

    Pompeo define data para a retirada de tropas do Afeganistão
    Explosão em casamento no Afeganistão deixa 63 mortos e cerca de 200 feridos
    Três líderes do Talibã são mortos em ataque aéreo no Afeganistão
    Explosão no Afeganistão deixa ao menos 11 mortos
    Explosão de bomba deixa feridos perto de consulado paquistanês no Afeganistão
    Tags:
    Talibã, EUA, Afeganistão
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar