20:04 19 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    As bandeiras nacionais dos EUA e do Irã

    EUA impõem novas sanções contra Irã por supostas redes de distribuição de mísseis

    © AP Photo / Carlos Barria
    Oriente Médio e África
    URL curta
    10929
    Nos siga no

    Os EUA impuseram várias rodadas de sanções à República Islâmica desde que Washington se retirou do acordo nuclear com o Irã em 2018, com o objetivo de exercer "pressão máxima" sobre a economia iraniana.

    O Departamento do Tesouro dos EUA anunciou nesta quarta-feira (28) a imposição de novas sanções econômicas contra cinco pessoas supostamente envolvidas em duas redes que ajudariam o país a burlar o regime de sanções norte-americanas e impulsionar o programa de mísseis iraniano.

    "Enquanto o regime iraniano tenta usar esquemas complexos para esconder seus esforços para impulsionar seu programa de [Armas de Destruição Maciça], a administração dos EUA continuará a frustrá-los em cada vez", disse o subsecretário do Tesouro, Sigal Mandelker.

    Anteriormente, Teerã afirmou que não negociaria o programa de mísseis do país, negando que este violasse as resoluções da ONU, como afirmam diversos responsáveis dos EUA, incluindo o secretário de Estado, Mike Pompeo.

    Os EUA acusam o Irã de intensificar o desenvolvimento da tecnologia de mísseis balísticos, citando a Resolução 2231 do Conselho de Segurança da ONU, apesar de outros países do Conselho afirmarem que os iranianos não estão violando a resolução.

    Mais:

    Sumiço do petroleiro chinês: tentativa de evadir sanções dos EUA impostas contra Irã?
    EUA irão tomar medidas se petroleiro iraniano tentar entregar petróleo à Síria, adverte Pompeo
    Trunfo na manga: Que plano têm Irã e Iraque capaz de afastar EUA do mercado petroleiro europeu?
    Tags:
    mísseis, EUA, sanções, Irã
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar