02:52 06 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Oriente Médio e África
    URL curta
    230
    Nos siga no

    Na segunda-feira (26), um avião comercial inoperativo foi afundado no mar Vermelho, perto da cidade de Acaba, e assim se tornou mais uma peça de um museu subaquático da Jordânia.

    Um avião Lockheed L-1011 TriStar foi afundado para se tornar mais uma peça entre 19 equipamentos militares que já se encontram no fundo do mar.

    O príncipe herdeiro da Jordânia, Hussein, chefiou a operação realizada pelas autoridades da zona econômica especial de Acaba (ASEZA), segundo a agência de notícias jordaniana Petra.

    "Hoje, o trabalho vai resultar no afundamento do avião para dar uma nova e bem-sucedida experiência para mergulhadores de Acaba e atrair mergulhadores de todo o mundo", declarou Nayef Al-Bakhit, presidente da zona econômica especial de Acaba.

    O preço aproximado do avião afundado TriStar-101 é US$ 430.000.

    Autoridades jordanianas afirmam que todo o equipamento foi limpo minuciosamente e todas as substâncias técnicas foram eliminadas para não danificar a natureza.

    Ideia do museu subaquático

    Para atrair turistas mergulhadores, as autoridades da zona econômica especial de Acaba (ASEZA) decidiram criar um museu extraordinário. No mês passado, as Forças Armadas e o governo local passaram sete dias afundando vários equipamentos militares, entre quais havia tanques, navios de desembarque, uma bateria antiaérea, um helicóptero e outros equipamentos militares.

    O museu foi aberto para os mergulhadores para explorarem equipamento militar, que pode ser encontrado pelos recifes.

    Mais:

    Monstros de aço: os projetos mais incomuns de blindados soviéticos
    'Princesa' inca mumificada de 500 anos retorna à Bolívia (FOTOS)
    'Maldição' por realocar tumba provoca medo no Egito, segundo relatos
    Tags:
    equipamento militar, avião, museu, Jordânia, Mar Vermelho
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar