06:02 18 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Premiê israelense Benjamin Netanyahu

    Netanyahu adverte Hezbollah, Líbano e líderes iranianos para 'observarem suas ações'

    © AFP 2019 / Gali Tibbon
    Oriente Médio e África
    URL curta
    13812
    Nos siga no

    Nesta terça-feira (27), o premiê israelense Benjamin Netanyahu emitiu um aviso aos líderes do Hezbollah, Irã e Líbano, dizendo-lhes para "terem cuidado com o que dizem e observarem suas ações".

    O primeiro-ministro de Israel fez um alerta em especial ao líder do movimento libanês, Sayyed Hassan Nasrallah, incitando-o a "se acalmar" devido às recentes declarações deste último, em que afirmou que em breve Israel enfrentará retaliação devido aos acidentes envolvendo drones israelenses em Beirute.

    "Ouvi o que Nasrallah disse. Sugiro que Nasrallah se acalme. Ele sabe bem que Israel sabe como se defender e retaliar seus inimigos", disse Netanyahu em um discurso.

    Na segunda-feira (26), o Irã advertiu Israel de "graves consequências" sobre suas "ações agressivas" em meio a ataques aéreos na Síria a alvos que Netanyahu chamou de iranianos.

    Dois drones israelenses caíram no sábado (24) perto da sede do Hezbollah, causando danos significativos ao prédio do serviço de imprensa e ferindo três pessoas. O Líbano condenou o incidente como um "ataque" israelense à soberania do país.

    Danos causados a uma das sedes do movimento Hezbollah, depois que um drone israelense caiu e um segundo drone explodiu perto do solo nos subúrbios de Dahiyeh, em Beirute, Líbano, 25 de agosto de 2019
    © REUTERS / Mohamed Azakir
    Danos causados a uma das sedes do movimento Hezbollah, depois que um drone israelense caiu e um segundo drone explodiu perto do solo nos subúrbios de Dahiyeh, em Beirute, Líbano, 25 de agosto de 2019

    Por sua vez, Tel Aviv classifica o movimento Hezbollah libanês como uma organização terrorista e um dos seus principais adversários na região.

    Além disso, Israel confirmou no domingo que havia realizado ataques aéreos sobre o que ele chamou de "efetivos da Força Quds iraniana e alvos das milícias xiitas" na Síria para enganar um suposto ataque de vários drones contra o Estado judaico.

    Um alto comandante da Guarda Revolucionária do Irã negou as afirmações israelenses de que alvos iranianos tenham sido atingidos. Teerã insiste que seus militares estão na Síria como assessores e não como combatentes ativos.

    Mais:

    'Drone suicida israelense' cai e outro explode perto de Beirute, afirma Hezbollah (FOTOS)
    Presidente do Líbano considera ataque de Israel como 'declaração de guerra'
    VÍDEO de suposto 'drone assassino' iraniano é divulgado por Israel
    Tags:
    Hezbollah, Israel, drones, Benjamin Netanyahu, Sayyed Hassan Nasrallah
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar