18:52 16 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Ataque israelense contra a cidade de Gaza, em julho de 2014

    Irã refuta Israel e diz que suas posições na Síria não foram atacadas

    © AP Photo/ Hatem Moussa
    Oriente Médio e África
    URL curta
    16255
    Nos siga no

    Líder de órgão do governo iraniano disse que os EUA e Israel não são capazes de atacar suas posições, após Israel declarar ter atacado alvos iranianos na Síria.

    Autoridades militares de Israel afirmaram que suas forças atacaram alvos iranianos na madrugada deste sábado (24) ao sul de Damasco. No entanto, a afirmação foi rechaçada por Mohsen Rezaee, presidente do Conselho de Discernimento do Irã.

    "Os EUA e Israel não são capazes de atacar os centros e posições do Irã. A afirmação israelense de que nossas posições se tornaram seu alvo é uma mentira. Nossos centros de consulta não foram danificados", disse Rezaee em entrevista à ILNA.

    Além disto, o líder persa afirmou que as ações dos Estados Unidos e Israel na Síria e no Iraque contradizem o Direito Internacional. Ele ainda afirmou que os "defensores do Iraque e da Síria logo darão sua resposta".

    Ataque preventivo 

    As operações israelenses teriam alegadamente como objetivo impedir que o Irã lançasse um ataque com drones em seu território. Autoridades do Estado judeu afirmaram que na Síria foram bombardeadas unidades da Força Quds. Tel Aviv confirma a possibilidade de haver vítimas fatais entre as forças iranianas e grupos xiitas na região.

    Mais:

    Washington teria organizado encontros secretos sobre Irã entre Israel e EAU
    Israel poderá ter ajuda de países árabes em caso de guerra com Irã, diz especialista
    'Será engolido pela ira': responsável iraniano adverte Israel de participar em plano dos EUA
    Tags:
    EUA, bombardeio, Quds, Irã, israel, Síria
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar