13:08 20 Agosto 2019
Ouvir Rádio
    Membros do Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica iraniano (foto de arquivo)

    Comandante iraniano adverte que presença 'ilegal' de Israel no golfo Pérsico pode provocar guerra

    © AP Photo / Vahid Salemi
    Oriente Médio e África
    URL curta
    9263

    O aviso do IRGC surge em meio a informações de que Israel concordou conceder assistência em inteligência à coalizão marítima proposta pelos EUA para patrulhar o golfo Pérsico.

    O chefe da Marinha do Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica (IRGC), contra-almirante Alireza Tangsiri, advertiu que qualquer tipo de presença ilegítima de Israel no golfo Pérsico poderá desencadear uma confrontação na região e que as responsabilidades pelas consequências recaem sobre os EUA e o Reino Unido.

    "Os EUA e o Reino Unido têm de assumir as responsabilidades pela presença ilegal do regime sionista nas águas do golfo Pérsico. Qualquer tipo de presença do regime sionista no golfo Pérsico é ilegal, uma vez que pode provocar uma guerra e confrontação na região", disse no domingo (11) o chefe da Marinha do IRGC ao canal televisivo libanês Al Mayadeen, escreve The Times of Israel.

    Alireza Tangsiri teria também dito que "sempre que os nossos comandantes o desejarem, eles podem deter qualquer navio, mesmo que ele esteja acompanhado pelas forças americanas e britânicas".

    "Ao formar uma coalizão ilegal na região, os EUA e o Reino Unido estão tentando aplicar seus próprios cenários. A segurança do golfo Pérsico está entre as prioridades do Irã, e nós acreditamos que as rotas de navegação iranianas devem continuar sendo internacionais", disse Tangsiri.

    O comandante do IRGC salientou que a Marinha da força de elite iraniana é responsável por garantir a segurança no estreito de Ormuz e no golfo Pérsico e não necessita ali da presença de estrangeiros.

    "Irã é o responsável pela segurança no golfo Pérsico, porém isso depende das exportações do nosso petróleo e da capacidade do país para utilizar a região. Nós vamos garantir a segurança no golfo Pérsico desde que a nossa própria segurança esteja garantida", afirmou Tangrisi.

    Os EUA anunciaram seus planos para organizar uma coalizão naval visando garantir a segurança de navegação no estreito de Ormuz, uma importante rota de exportação de petróleo, após recentes ataques a vários petroleiros no Golfo.

    Mais:

    Comandante iraniano: 'Se americanos fizerem um movimento, vamos atingi-los na cabeça'
    Comandante iraniano: guerra com Irã é situação da qual para EUA seria difícil sair
    Tags:
    coalizão, Golfo Pérsico, EUA, Israel, Irã
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar